Destaque da Ligue 2 na última temporada, Naïm Sliti assina com o Lille por empréstimo

Meio-campista de 24 anos, que pertence ao Red Star, foi emprestado por uma temporada ao Lille

Destaque da Ligue 2 na última temporada, Naïm Sliti assina com o Lille por empréstimo
Foto: Divulgação/Lille

Neste último dia de janela de transferências na Europa, o Lille oficializou a contratação do meio-campista Naïm Sliti, de 24 anos. O francês naturalizado tunisiano pertence ao Red Star e chega por empréstimo de um ano com opção de compra em junho de 2017.

O jogador é natural de Marseille e começou sua carreira no modesto Club Sportif Sedan Ardennes, antes passou pela base do Olympique. Em 2013 foi para o time B do Paris FC e após uma temporada no time principal, foi para o rival Red Star Football Club 93, também da capital francesa. No dia 3 de junho de 2016, ele estrou pela Seleção da Tunísia. Sliti marcou o primeiro gol na vitória por 3 a 0 diante de Djibuti.

Naïm Sliti falou logo após assinar contrato por uma temporada: “Estou muito feliz por fazer parte desse projeto. O Lille é para mim um dos melhores clubes franceses, seja na parte esportiva ou na estrutura. Quando alguém como o Sr. Antonetti (técnico) te chama, realmente te faz pensar. Então eu tive a oportunidade de visitar as instalações e expressei meu desejo de vir ao Lille. É uma nova dimensão.”

Pelo Red Star, o meia marcou 12 gols em 70 partidas. Antes camisa 10 da equipe da segunda divisão, Naïm vestira a número 27 dos Dogues. O jogador foi um dos destaques da Ligue 2 na temporada passada. Ele foi eleito para a Seleção do Campeonato pela UNFP, no principal prêmio do futebol francês. Em janeiro, ele quase deixou o Red Star para se juntar ao Stade de Reims.

Assim como Nicolas de Préville, Naïm Sliti chega ao Lille por empréstimo. Após muita espera, ele finalmente pode vestir a camisa do time e comentou a situação: “A realidade econômica também atinge os clubes e, de repente, eu só tive que esperar. Mas o importante disso que é estou aqui no Lille. Eu geralmente não gosto de falar sobre as ambições. A principal coisa para mim é para ver o meu progresso ao longo do tempo.

No Paris FC foi um pouco complicado, mas o futebol e vida são feitos de altos e baixos. No entanto, eu retive apenas o lado positivo do meu tempo no Red Star. Eu tive a oportunidade de ser recompensado por ter sido selecionado entre os melhores jogadores do campeonato. Isso me permitiu chegar ao Lille hoje”, disse Naïm Sliti.