Tottenham quebra recordes de público em Wembley, mas é derrotado pelo Monaco

Monaco contou com o retorno de Falcao na vitória diante do clube inglês; equipe do principado lidera Grupo E após a primeira rodada; mais de 85 mil estiveram em Wembley

Tottenham quebra recordes de público em Wembley, mas é derrotado pelo Monaco
Falcao voltou após semanas afastado por lesão (Foto: Clive Rose/Getty Images)
Tottenham
1 2
Monaco

O Wembley Stadium foi palco do confronto entre Tottenham e Monaco, válido pela primeira rodada do Grupo E da Uefa Champions League. Jogando a competição europeia no icônico estádio devido às reformas em White Hart Lane, o time inglês foi derrotado pelos monegascos por 2 a 1, gols de Bernardo Silva e Lemar. Alderweireld descontou para os Spurs.

A partida foi marcada pela quebra de recordes. Nesta quarta-feira (14), 85.011 torcedores foram assistir o confronto em Wembley. É o maior público de um clube como mandante em uma partida oficial no Inglaterra e também o maior público de uma equipe inglesa na Champions. Vale lembrar que semifinais e finais de Copas no estádio são considerados jogos em campo neutro. Além disso, obviamente, quebraram o recorde do próprio clube no quesito presença de torcida.

Foto: Divulgação/Tottenham

O Monaco, que contou com a volta do capitão Falcao García, lidera o Grupo E com três pontos. O Tottenham é o quarto sem pontuação. CSKA e Bayer Leverkusen estão empatados com um ponto cada. O próximo jogo dos Spurs será contra os russos, fora de casa. O ASM pega a equipe alemã no principado. Os dois jogos acontecerão dia 27 de setembro.

Antes, pela PL, o Tottenham pega o Sunderland no domingo (18), às 12h30. O Monaco encara o Rennes, em casa, em jogo válido pela Ligue 1, no sábado (17), às 12h.

A primeira boa chance foi criada pelo time da casa. Kane cruzou da direita, a bola passou por quase todo mundo e chegou nos pés de Son. O coreano chutou e Raggi salvou em cima da linha. Aos 15 minutos, Lamela saiu jogando errado. A bola pegou em Fabinho e sobrou para Bernardo Silva. O português teve espaço, avançou, trouxe para a perna esquerda e soltou a bomba sem chances para Lloris, abrindo o placar na Inglaterra.

No lance seguinte, o argentino tentou se recuperar ao chutar colocado, mas Subasic caiu e espalmou. Aos 31 minutos, Sidibé cobrou lateral para Bernardo, que devolveu de calcanhar. O camisa 19 levantou na área, Dirar errou a cabeçada, mas Lemar aproveitou a sobra e disparou contra Lloris, superando o goleiro e anotando o segundo tento monegasco. O time da casa descontou no fim da etapa: Lamela cobrou escanteio e Alderweireld cabeceou no ângulo, balançando as redes do Monaco.

O segundo tempo foi de pressão londrina. O Tottenham veio com outra postura. Dele Alli chutou de fora da área e Subasic fez excelente defesa. Harry Kane procurava espaço, mas Jemerson fez uma grande partida e estava sempre na cola do atacante. Alli tentou mais uma vez de longe, Subasic encaixou.

O holandês Janssen recebeu em profundidade, se livrou de Jemerson e cruzou para Kane. O camisa 10 dominou com a direita e chutou de esquerda, mas Subasic fez outra grande intervenção. A equipe do principado se fechava, tentava arriscar em alguns poucos contra-ataques. No fim, os Spurs tentaram no bumba meu boi, mas não conseguiram o empate.