Sem Balotelli, Nice derrota Nancy e reassume liderança da Ligue 1

Mesmo sem seu principal atacante, os Aiglons jogaram o básico para derrotar e afundar mais ainda na tabela o Nancy

Sem Balotelli, Nice derrota Nancy e reassume liderança da Ligue 1
Foto: Divulgação/Nice
Nancy
0 1
Nice
Nancy: Assembe; Lenglet, Chrétien (Robic), Cabaco; Badila, Marchetti, Pedretti, N'Guessan (Dia), Cétout; Mandanne, Hadji (Koura). Técnico: Pablo Correa.
Nice: Cardinale; Baysse, Dante, Sarr; Ricardo Pereira, Cyprien, Bodmer, Walter, Dalbert; Eysseric (Belhanda), Plea (Donis). Técnico: Lucien Favre.
Placar: 0-1, min. 60, Plea.
ÁRBITRO: Antony Gautier. Amarelos: Badila, Lenglet, N'Guessan, Bodmer.
INCIDENCIAS: Jogo válido pela sétima rodada da Ligue 1 2016/2017, realizado no estádio Marcel Picot

Mesmo sem seu principal jogador, Mario Balotelli, o Nice demonstrou que não é refém do italiano. Com um gol de Alassane Pléa, aos 60 minutos, os Aiglons derrotaram pelo placar mínimo a equipe do Nancy-Lorraine, no estádio Marcel Picot, em partida válida pela sétima rodada da Ligue 1 2016/17.

Com a vitória, o Nice continua voltou à liderança da competição. Os comandados de Lucien Favre estão na primeira posição com 17 pontos, um a mais em relação ao segundo colocado Monaco. Já os Les Chardons afundaram na parte de baixo da tabela. O Nancy ocupa atualmente a penúltima posição, somando apenas cinco pontos.

Na próxima rodada, o Nice irá enfrentar a equipe do Lorient, dentro de casa, no outro domingo (2). Mas antes, os Les Aiglons terão um compromisso pela Uefa Europa League, na quinta-feira (29), contra o Krasnodar, fora de casa. O Nancy-Lorraine buscará se redimir diante do lanterna Lille, no próximo sábado (1).

Nancy é melhor no primeiro tempo, mas não consegue marcar

Os primeiros 45 minutos foram bons para o Nancy, mas a bola teimou em não entrar para a equipe da casa. Erick Cabaco perdeu uma ótima oportunidade de cabeça logo no começo de jogo, mas as melhores oportunidades por parte dos Les Chardons foram de fora da área. Youssouf Hadji, Christophe Mandanne, Clement Lenglet, Julien Cetout, mas nenhuma tinha a direção certa.

Timidamente o Nice tentou algums vezes partir para o ataque, mas sem sucesso. As principais investidas da equipe alvinegra era com Mathieu Bodmer, mas não conseguiam assustar o goleiro N'dy Assembé. Por outro lado, os donos da casa pressionavam e assustavam Yoan Cardinale, arqueiro do Nice. Apesar das tantas tentativas, os oitos arremates a gol do Nancy não furaram o forte bloqueio alvinegro.

Nice joga melhor no segundo tempo e consegue marcar

O Nice voltou melhor no segundo tempo, muito mais ofensivo e com uma proposta de jogo conceta.Valentin Eysseric, Malang Sarr e Wylan Ciprien tentaram de fora da área, animando a equipe que praticamente não atacou durante todo o primeiro tempo.

Aos 57 minutos, Mathieu Bodmer cruzou na área e Malang Sarr mando de cabeça, para boa defesa de N'dy Assembe. Mas apesar da defesa do goleiro camaronês, ele não conseguiu evitar o gol aos 60 minutos. Valentin Eysseric deu um bonito passe em profundidade para o até então apagado Alassane Plea, que tocou de biquinho no cantinho, abrindo o placar para o Nice.

Após o gol, a equipe alvinegra se defendeu o resto do jogo e suportou muito bem a pressão. Com boas defesas de Yoan Cardinale e uma boa atuação de seu sistema defensivo, conseguiram segurar a suada vitória.