Autor de dois gols, Edinson Cavani celebra vitória do PSG sobre Ludogorets na Champions

Uruguaio foi fundamental na primeira vitória do PSG nesta Liga dos Campeões; Cavani recusa rotulo de protagonista e cita grupo para fim de momento turbulento

Autor de dois gols, Edinson Cavani celebra vitória do PSG sobre Ludogorets na Champions
Foto: Dimitar Dilkoff/AFP/Getty Images

O Paris Saint-Germain passou por dificuldades para vencer o Ludogorets nesta quarta-feira (28) pela segunda rodada da Uefa Champions League. A equipe da capital francesa bateu o campeão da Bulgária por 3 a 1, de virada. O destaque foi Edinson Cavani, autor de dois tentos.

Natanael, ex-Atlético-PR abriu o placar para o time da casa em bela cobrança de falta. Matuidi empatou ainda no primeiro tempo. Na etapa final, aos dez minutos, Cavani virou o jogo. Pouco depois, Cosmin Moti desperdiçou penalidade que poderia dar igualdade ao marcador. Não demorou muito para o atacante uruguaio marcar mais uma vez e sacramentar a vitória do PSG fora de casa.

Após a segunda rodada, o PSG ocupa a segunda colocação do Grupo A com quatro pontos, ao lado do Arsenal, mas perdendo nos critérios de desempate. O Ludogorets é o terceiro com apenas um ponto. O próximo jogo dos rouge et bleus será contra o Bordeaux, sábado (1), pela Ligue 1, às 12h.

Autor dos dois gols, Cavani analisou a partida em entrevista: “A primeira metade foi difícil, após o gol sofrido. Mas, depois de empatarmos, foi outro jogo. Encontramos o segundo gol numa cobrança de falta, tudo bem, são coisas que preparamos durante a semana. Isto é importante porque nós trabalhamos muito para sair desta situação difícil.

Pelas palavras, percebe-se que havia um incomodo no vestiário do PSG pela derrota diante do Toulouse e as seguidas atuações ruins, além de problemas externos. O camisa 9 comentou como está atualmente os bastidores do clube: “Somos uma equipe que mudou muito lá dentro, é normal precisar de tempo para encontrar o caminho. A equipe é muito unida e isso nos faz superar situações difíceis.

Esta é uma vitória importante, mas precisamos trabalhar ainda mais para conseguir uma sequência”, disse Cavani.

Questionado sobre sua importância no elenco com a saída de Ibrahimovic, o uruguaio negou ser o 'frontman' da equipe: “Não, eu me sinto como mais um jogador na equipe. Eu sei que sou importante como todos os companheiros de equipe, essa é a mentalidade de todos, que é preciso seguir melhorando e fazendo boas partidas como esta noite.

Alphonse Aréola, Goleiro do Paris Saint-Germain, falou sobre a defesa que impediu o empate: "Esse pênalti defendido é bom para mim e para a confiança do grupo. Estou feliz por ter feito a minha parte, mas este é um resultado coletivo."