Presidente da França, François Hollande critica jogadores da seleção: "São crianças mimadas"

Presidente da França fez duras criticas aos jogadores franceses e foi rebatido pelo Campeão do Mundo Emmanuel Petit

Presidente da França, François Hollande critica jogadores da seleção: "São crianças mimadas"
Foto: Stanley Chou/Getty Images

O atual presidente da França, François Hollande, fez duras criticas aos jogadores da Seleção Francesa. O político disse que precisam deixar de serem infantis e terem mais maturidade nas atitudes dentro e fora de campo.

Hollande afirmou que os jogadores precisam entender qual o objetivo principal quando vestem a camisa do país: “Os jogadores da Seleção Francesa precisam saber o que eles querem. São crianças mimadas e que não estão preparados psicologicamente para receber criticas, e quando são questionados rebatem de uma forma grosseira. Não estou no dia a dia com eles, mas é uma visão que tenho. A Federação Francesa poderia trabalhar mais o psicológico não apenas o treino com bola.”

O presidente ainda completou que na final da Eurocopa os jogadores devem ter sentido a pressão de vencer: “Estive no estádio naquela oportunidade e notei que os jogadores se mostraram despreparados para ganhar a competição e perderam para uma seleção que foi valente e fez por merecer. A equipe estava despreparada para lidar com a pressão de ganhar um torneio importante, naquela ocasião foi a Eurocopa. Fiquei decepcionado com a perda do titulo, mas abriu o alerta para nos próximos campeonatos estejam mais preparados”.

Porém, que o ex-jogador e campeão do mundo em 1998, Emmanuel Petit, respondeu às criticas do presidente francês: “O Presidente da país primeiramente não tem que se envolver com que está acontecendo dentro das quatro linhas. É a minha opinião como ex-jogador de futebol. Sei muito disso e por anos defendi a seleção francesa e nós sabíamos da pressão que era conquistar um titulo. Quando disputamos a Copa de 1998 dentro de casa, fomos muito cobrados para levantar a taça por conta do fracasso de quatro anos atrás ao ficar de fora do mundial de 1994.”

“Na época não esperávamos ir tão longe e fizemos um campeonato mundial excelente e levantamos a taça pela primeira vez na historia. Fiquei decepcionado com o que o Hollande falou sobre os jogadores e infelizmente as coisas não dessa maneira”, completou Petit.

A França lidera o Grupo A das Eliminatórias para a Copa do Mundo com sete pontos. O próximo compromisso será contra a Suécia, no dia 11 de novembro.