Lucien Favre comenta vantagem do Nice na liderança da Ligue 1: "Está começando a ficar sério"

Técnico do Nice mantém os pés do chão mesmo com a vantagem de quatro pontos na liderança da Ligue 1

Lucien Favre comenta vantagem do Nice na liderança da Ligue 1: "Está começando a ficar sério"
Suíço Favre (esq.) foi contratado nesta temporada após a saída de Claude Puel (Foto: Divulgação/Nice)

Principal maestro do grande início de temporada do OGC Nice, o treinador suíço Lucien Favren, mostrou contentamento pelo resultado de 2 a 0 frente ao Lyon nesta sexta-feira (14), em partida válida pela nona rodada da Ligue 1. Ele aproveitou para analisar como sua equipe se portou diante do adversário.

Em entrevista coletiva, o técnico revelou: "Jogamos em um mesmo sistema que o Lyon, mas  pressionamos em cima, enquanro sua defesa estava centralizada. Isso nos permitiu ganhar confiança. Fomos melhores na recuperação da bola, e quando você é o melhor para se recuperar, você tem mais posse de bola"

"Nós marcamos um belo gol por Paul Baysse. Nós criamos algumas boas chances no segundo tempo", disse.

Sobre o fator liderança, Favren desconversou: "Quatro pontos à frente do segundo, isso está começando a ficar sério... Mais uma vez, é um campeonato longo. Nós começamos a temporada bem, isso é tudo", revelou o técnico mantendo o pé no chão sobre um possível título.

Um dos principais questionamentos é que apesar da garantir bons resultados, a equipe se comporta aquém do esperado em campo. Isso gera questionamentos principalmente na Liga Europa, mas para o comandante isso é questão de tempo. 

"Muitos comentaristas dizem que estamos  jogando um bom futebol... Queremos jogar bola. Mas ainda há alguma forma. Temos muitas oscilações no jogo. Isso leva tempo. Mas hoje eu estou feliz com o nosso jogo. Jogamos bem 11 contra 11 contra 11. Dez é uma vantagem, mas, paradoxalmente, também é complicado", analisou. 

O suíço aproveitou para elogiar um dos melhores jogadores do Lyon na temporada: "Ghezzal vem de uma safra de jogadores do Lyon que sabemos que são muito perigosos. Eles às vezes combinava Jogadas, fez movimentos que nos colocou em apuros."

"Sobre Mario, ele teve um pouco de falta de simplicidade esta noite. E com ele temos que fazer uma tarefa enorme para baixar a bola", disse Favre a respeito da atuação de Balotelli, que desperdiçou uma penalidade.

O próximo confronto de Favren e sua equipe é diante o Red Bull Salgzburg, quinta-feira (20), às 14h (horário de Brasília), em jogo válido pela Europa League. Pela Ligue 1, visita o Metz, domingo (23) ao meio dia. O Nice possui 23 pontos na ponta do campeonato, o vice-líder Monaco tem 19.