Saint-Étienne supera Qabala pela Europa League com gol contra do brasileiro Ricardinho

Após dois empates, equipe francesa venceu a primeira na Uefa Europa League; Qabala segue em último com três derrotas

Saint-Étienne supera Qabala pela Europa League com gol contra do brasileiro Ricardinho
Foto: Divulgação/Uefa
Saint-Étienne
1 0
Qabala

No Stade Geoffroy-Guichard, o Saint-Étienne recebeu o Qabala pela terceira rodada da fase de grupos da Uefa Europa League 2016/17, em jogo válido pelo Grupo C, nesta quinta-feira (20). A equipe da casa foi superior e venceu pelo placar mínimo de 1 a 0. O único gol foi marcado por Ricardinho contra.

Com o resultado, os franceses estão na segunda colocação com cinco pontos. Já o Qabala está na ultima colocação com nenhum ponto. O líder do Grupo C é o Anderlecht também com cinco pontos, assim como o Mainz, terceiro colocado.

As duas equipes voltam a se enfrentar na Bakcell Arena no próximo dia 3 de novembro. Pela Ligue 1 os verdes atuam fora de casa contra o Caen no Stade Michel D’Ornano no próximo domingo (23). Enquanto que os radares jogam fora de casa contra o Sumqayit na próxima terça-feira (25) pela Liga Azere.

No começo da partida, os mandantes tiveram uma ótima chance de abrir o placar no arremate de Monnet-Paquet. O meia-atacante recebeu de Saivet e mandou ao gol, obrigando Bezotosny a praticar grande defesa. O mesmo jogador, pouco depois, fez grande jogada só que arriscou em cima do zagueiro adversário.

Na etapa final, a equipe da casa teve outras ocasiões de gol. Aos oito minutos, Saivet serviu M’Bengue, o lateral deu na medida para Roux mandar de chapa ao gol e por pouco não colocou sua equipe na frente do marcador. Depois, o Sainté perdeu outra chance com Monnet-Paquet. Ele levantou a bola na cabeça de Saivet, o meio-campista desviou, mas a bola passou com perigo ao gol da equipe azere.

Só que aos 25 minutos, os franceses conseguiram abrir o marcador: Veretout levantou a bola na área em cobrança de falta, a bola viajou a área e desviou na cabeça do brasileiro Ricardinho que mandou para o seu próprio gol.

Os franceses continuaram em cima e buscando aumentar a vantagem, mas pararam em duas boas defesas do goleiro Bezotosny, o ucraniano defendeu os chutes de Veretout e logo depois de Selnaes. Nos instantes finais, o time da casa teve mais um gol perdido com Saivet. O senegalês desviou o cruzamento de Théophile Catherine e mandou pra fora.