Marcelo Bielsa não comparece ao primeiro treinamento do Lille na pré-temporada

Técnico argentino cita "problemas pessoais" como motivo para ausência e só deve comandar a equipe a partir da terça feira

Marcelo Bielsa não comparece ao primeiro treinamento do Lille na pré-temporada
Marcelo Bielsa (esq.) comandará o Lille na próxima temporada (Foto: Jean Gattufe/Getty Images)

Na manhã desta segunda-feira (19), o treinador argentino Marcelo Bielsa, do Lille, não apareceu à primeira sessão de treinamento da sua nova equipe, visando a próxima temporada. Os jogadores realizaram atividades com o departamento de fisiologia e realizaram exames médicos.

A situação, como era de se esperar, levantou muitos questionamentos por parte da imprensa local. Afinal, Bielsa é conhecido por ter um temperamento forte e tomar decisões, por vezes, inusitadas. No entanto, o clube francês fez questão de esclarecer que o treinador foi à Argentina resolver problemas de cunho pessoal. Ele deve, finalmente, comparecer ao treinamento na terça-feira (20) para comandar o Lille pela primeira vez.

Vale lembrar que o 'El loco' possui um histórico de "saídas-relâmpago" de certos clubes que treinou. Em 1998, o argentino deixou o Espanyol após um breve período para assumir a Seleção Argentina e, mais recentemente, entregou o cargo na Lazio apenas dois dias depois do anúncio de sua contratação, por não ter seus pedidos de contratações atendidos.

O objetivo será recolocar o Lille ao topo do futebol francês, tentando uma vaga para a próxima Liga dos Campeões, feito que o clube não alcança desde a temporada 2013-2014, quando terminou a Ligue 1 na terceira colocação. Para isso, a diretoria está investindo em reforços, como o atacante brasileiro Luiz Araújo, que estava no São Paulo.

Na França, Marcelo Bielsa já havia tido passagem pelo Olympique de Marseille, durante a temporada 2014-2015. Na ocasião, a equipe terminou a Ligue 1 em quarto lugar, chegando a liderar o torneio por várias rodadas. Após o término da temporada, deixou a equipe por conta de problemas com a diretoria.

Foto: Divulgação/Lille