Tradicional no futebol feminino francês, FCF Juvisy é vendido ao Paris FC

Após 46 anos, FCF Juvisy é vendido ao Paris FC com o objetivo de criar uma nova força no futebol feminino francês

Tradicional no futebol feminino francês, FCF Juvisy é vendido ao Paris FC
Atualmente na terceira divisão no futebol masculino, o Paris FC buscará se consolidar no futebol feminino. (Foto: fcfjuvisy.fr)

O tradicional FCF Juvisy deixará de existir na próxima temporada. Com 46 anos de existência, a equipe de futebol feminino foi comprada pelo Paris FC, que pelo futebol masculino disputará na próxima temporada novamente o Championnat National, equivalente a terceira divisão na pirâmide do futebol masculino francês.

O Paris FC esteve próximo a promoção a Ligue 2 na temporada passada, mas perdeu o playoff de acesso à segunda divisão do masculino para o US Orléans. Agora o clube da capital surge com o objetivo de ser uma das forças no feminino

História de sucesso no futebol feminino

Formada no ano de 1971 sob o nome de ES Juvisy sur Orge, a equipe tem seis títulos nacionais, sendo que o último fora conquistado na temporada 2002/03. A equipe já disputou por quatro ocasiões a tradicional Uefa Women's Champions League, tendo como melhor resultado a fase de semifinais na temporada 2012/13, sendo eliminado pelo rival local Olympique Lyonnais nessa fase. 

Após uma votação da Assembléia Geral no dia 22 de junho e a aprovação da Federação Francesa de Futebol (FFF), FCF Juvisy e Paris FC se uniram para se tornar uma única equipe. Para manter a fusão simples e o mais transparente possível, a marca Juvisy permanecerá dentro e ao redor das comunicações da equipe, mas os novos kits oficiais serão do Paris FC.

Os jogos em casa do clube ainda serão realizados no Estádio Robert Bobin, mas algumas partidas também serão disputados no Charléty, estádio oficial do time masculino e que também é utilizado pela equipe feminina do Paris Saint-Germain. Em termos de estrutura do clube, Pierre Ferracci continuará a ser o presidente do Paris FC, enquanto a ex-presidente da FCF Juvisy Féminines, Marie-Christine Terroni, será a presidente do Paris FC Féminines.

Tentativa de voltar a figurar no topo do futebol francês 

Gaëtane Thiney está no clube desde 2008 e é a atual capitã. (FOTO: sport.francetvinfo.fr)
Gaëtane Thiney está no clube desde 2008 e é a atual capitã, com mais de 200 partidas pelo time e mais de 130 jogos com a seleção francesa feminina. (FOTO: sport.francetvinfo.fr)

Depois de uma decepcionante temporada 2016/2017, na qual a equipe foi apenas a quinta colocada na D1 Féminine, além de ter sido eliminada nas quartas de final da Copa da França pelo PSG, parecia que a mudança era inevitável no clube e com isso o conselho decidiu vender o clube para competir com os clubes com maior poder econômico na modalidade, no caso Olympique Lyonnais, Paris Saint Germain, Montpellier e Olympique Marseille, não apenas a nível local, mas visando também a volta do clube a UWCL. 

A equipe francesa que disputará a Eurocopa Feminina, realizada na Holanda esse mês, contará com três jogadoras do clube na Uefa Women's Euro 2017, a meio campista e capitã do clube, Gaëtane Thiney, as atacantes Kadidiatou Diani e Camille Catalla, e a defensora Aissatou Tounkara.