Brasileiros brilham e Monaco estreia na Ligue 1 com vitória diante do Toulouse

Jemerson marca de cabeça, enquanto Jorge dá assistência para Falcao em vitória por 3 a 2 sobre o Toulouse; Mbappé sai lesionado

Brasileiros brilham e Monaco estreia na Ligue 1 com vitória diante do Toulouse
Jemerson comemora gol de empate (Foto: Valery Hache/Getty Images)
Monaco
3 2
Toulouse
Monaco: Subasic; Sidibé, Glik, Jemerson, Jorge; Fabinho, João Moutinho, Rony Lopes (Carrillo, min.54), Lemar; Mbappé (Saint-Maximim, min.73) e Falcao Garcia (Tielemans, min.85).
Toulouse: Lafont; Amian, Jullien, Yago, Moubandje; Blin, Machach (Somália, min.54), Sangaré (Bodiger, min.63), Durmaz; Corentin Jean e Delort.
Placar: 0-1, Machach, min.5; 1-1, Jemerson, min.28; 1-2; Delort, min.50; 2-2; Falcao,min.58; 3-2 Glik, min.69.
ÁRBITRO: Clément Turpin (FRA). Cartões amarelos: Machach (min.29), João Moutinho (min.49)
INCIDENCIAS: Jogo válido pela primeira rodada do Campeonato Francês, realizado no estádio Louis II, em Monaco.

O campeonato francês começou nesta sexta-feira (04), e com o atual campeão em campo. O Monaco, do técnico Leonardo Jardim, contou com o brilho dos brasileiros Jemerson e Jorge para vencer o Toulouse de virada pelo placar de 3 a 2, no Estádio Louis II. Os gols dos donos da casa foram marcados pelo próprio ex-Atlético-MG, Falcao Garcia e Glik, enquanto Machach e Delort descontaram para os visitantes.

Ambas as equipes voltarão a campo apenas no fim da próxima semana. O Toulouse receberá o Montpellier no dia 12 de agosto, enquanto o Monaco irá até a cidade de Dijon para enfrentar a equipe de mesmo nome um dia depois.

Monaco sai atrás, mas empata com gol brasileiro

O primeiro tempo mal começou e o Toulouse tratou de oferecer o cartão de visitas ao campeão francês logo aos seis minutos. Em jogada ensaiada, Durmaz cobrou escanteio para fora da área, Delort amorteceu com o peito e Machach fuzilou a meta de Subasic para marcar. Um belíssimo gol para "inaugurar" o campeonato.

Os donos da casa trataram de reagir e tentar mostrar a sua força. Aos 13, Rony Lopes descolou lindo passe para Mbappé, que chutou cruzado e obrigou Lafont a fazer grande defesa. Três minutos depois, Falcao Garcia aproveitou falha da zaga do Toulouse para avançar pela direita e cruzar rasteiro para Mbappé, mas o zagueiro Yago afastou o que parecia ser um gol certo.

Amplamente superior após a abertura do placar, não demorou para a equipe do Principado furar o bloqueio do Toulouse. E com gol de brasileiro. Em cobrança de escanteio de João Moutinho, Jemerson subiu mais que Yago e testou para o fundo das redes para igualar o marcador aos 28.

O panorama do primeiro tempo não mudou até o apito do intervalo. Aos 32, Rony Lopes passou por Moubandje e exigiu mais uma grande defesa de Lafont. Dez minutos depois, Falcao cobrou falta para fora. Os visitantes, por sua vez, pareciam não conseguir extrair forças para sequer passar da linha do meio-campo.

Virada monegasca e lesão de Mbappé

A segunda etapa começou igual à primeira. Sidibé bobeou, Durmaz roubou a bola e avançou pela esquerda, rolando para Delort na entrada da área. O francês dominou e chutou rasteiro, no canto direito de Subasic, para colocar o Toulouse novamente com a vantagem no placar aos oito.

E, novamente, não demorou muito para o Monaco assumir o controle da partida e empatar. Cinco minutos após o tento de Delort, Mbappé recebeu pela esquerda e acionou o brasileiro Jorge. O ex-Flamengo, muito bem em campo, mandou na área e Falcao Garcia cabeceou, vencendo Lafont e decretando a igualdade.

No entanto, dessa vez o Monaco finalmente tomou a dianteira no jogo. João Moutinho cobrou falta para o meio da área e a bola passou por todo mundo e acabou entrando na rede do Toulouse. Apesar da comemoração do zagueiro Glik, o gol da virada foi creditado ao português pela arbitragem.

Quatro minutos depois da virada, porém, um susto para Leonardo Jardim. Mbappé, apagado em campo, sentiu uma lesão muscular e teve que sair de campo para a entrada de Saint-Maximim. A maneira pela qual o badalado atacante saiu de campo, no entanto, não parece indicar uma lesão séria.

Sem muita força para reagir, o Toulouse tentava, sem sucesso, criar chances no ataque. Já os monegascos trataram de deixar o ritmo do jogo morno, mantendo a posse de bola e, consequentemente, a vantagem, sem ameaçar muito a meta de Lafont, salvo um lance em que o jovem goleiro defendeu chute à queima roupa de Carrillo. No final, vitória do Monaco e três pontos para começar a Ligue 1 com o pé direito.


Share on Facebook