Neymar será protagonista do esquema tático de Unai Emery

Com boas opções no ataque, treinador espanhol terá "dor de cabeça" para escalar Paris Saint-Germain

Neymar será protagonista do esquema tático de Unai Emery
Foto: Divulgação/PSG

O Paris Saint-Germain anunciou na última quinta-feira (3) a contratação mais cara da histórica do futebol mundial. Por 222 milhões de euros, o clube francês acertou a transferência de Neymar junto ao Barcelona. O jogador de 25 anos assinou contrato por cinco temporadas.

Com a aquisição de Neymar, o PSG se torna o clube europeu com mais jogadores brasileiros no elenco. Além do camisa 10 da Seleção verde e amarela, o clube parisiense conta com Daniel Alves, contratado nesta janela de transferências, Marquinhos, Thiago Silva, Lucas Moura e Thiago Motta, de origem brasileira, porém naturalizado italiano. Destaques nas seleções de seus países, Verratti (FRA), Di María (ARG) e Cavani (URU), completam a seleta lista de craques mundiais.

No PSG, Neymar  usará a camisa 10, gentilmente cedida pelo meia argentino Javier Pastore. A representativa numeração entregue ao jogador evidencia a função que craque terá em sua nova equipe. Neymar estará para o PSG como Messi para o Barcelona e Cristiano Ronaldo para o Real Madrid. O desafio encarado pelo atleta, inclusive, foi parcialmente alimentado pelo sonho de se tornar o melhor jogador do mundo.

Com Neymar, PSG quer fazer história

O estrelado plantel comandado pelo técnico espanhol Unai Emery desponta como um dos favoritos aos principais títulos da temporada. Em território nacional, o objetivo é retomar a hegemonia. Após quatro anos seguidos conquistando o Campeonato Francês, o PSG viu o Mônaco levantar o troféu da Ligue 1 na última edição.

Internacionalmente as pretensões do Paris Saint-Germain são ainda mais ambiciosas. Presença frequente na Champions League, a melhor campanha do clube francês na principal competição do Velho Continente aconteceu na temporada 1994-95, quando a equipe azul-grená chegou às semifinais, sendo superada pelo Milan (ITA).

Como fica o PSG com Neymar?

Diante de tamanha repercussão com a transferência do craque brasileiro, a expectativa agora é de como será a escalação do time francês. Neymar se destacou no Santos, Seleção Brasileira e Barcelona atuando pelo lado esquerdo, setor até então ocupado por ocupado por Javier Pastore.

Tendo como base a última temporada do PSG, o técnico Unai Emery pode manter o esquema que mais o agrada: 4-2-3-1. Sendo assim, a nova composição teria: Trapp; Daniel Alves, Marquinhos, Thiago Silva e Kurzawa; Verratti e Rabiot; Di Maria, Draxler e Neymar; Cavani.

Na Supercopa da França, conquistada pelo PSG na última semana, o esquema utilizado foi o 4-3-3, com um meio-campo mais consistente na marcação: Thiago Motta, Verratti e Rabiot. Já os três jogadores de frente, na oportunidade, foram Daniel Alves, atuando como meia pela direita, Pastore e Cavani.

O que não falta são boas opções. Emery poderá escalar o time de acordo com o adversário e até mesmo variar taticamente a equipe durante os jogos. Seja qual for a formação escolhida pelo técnico, Neymar será o protagonista.

“Nós estamos muito felizes de tê-lo, ele vai nos dar mais opções no ataque e poderemos combinar o seu talento com o dos outros jogadores, para desenvolver um futebol bonito. Já conversamos muito com os jogadores sobre como Neymar vai nos ajudar na sua chegada”, disse o treinador.