Imprensa francesa afirma que PSG estaria disposto a nova "loucura" por Mbappé

Segundo o Le Parisien, revelação do Monaco estaria encantado com a possibilidade de jogar com Neymar

Imprensa francesa afirma que PSG estaria disposto a nova "loucura" por Mbappé
PSG estaria cada vez mais de olho no novo astro francês (Foto: Getty Images)

Se o mundo do futebol ficou chocado com a ousadia do Paris Saint-German em pagar 222 milhões de euros para tirar Neymar do Barcelona, o clube francês dá indícios de que estaria preparado para ir mais longe. Segundo os principais veículos de mídia esportiva da França, a equipe da capital estaria disposta a desembolsar os 180 milhões de euros pedidos pelo Monaco por sua estrela Kylian Mbappé.

De acordo com o L'Equipe, o sonho da diretoria do PSG seria completar um trio formado por Neymar, Cavani e Mbappé. Para isso, o clube tentaria fechar a segunda maior transferência da história do futebol pelo atacante de 18 anos, apenas atrás da própria ida de Neymar à capital francesa.

Outras fontes importantes dão conta de que o interesse pelo negócio é recíproco. De acordo com o Le Parisien, Mbappé estaria encantado com a ideia de jogar ao lado de Neymar, o que colocaria o PSG à frente de Real Madrid, Manchester City e Arsenal na disputa pela contratação. Ainda conforme a matéria, o único passo restante para o início das negociações seria um sinal positivo do próprio jogador.

A notícia gerou polêmica na Europa, pois houve constantes questionamentos sobre o dinheiro gasto pelo PSG em reforços e uma possível não obediência do Fair Play financeiro, uma lei criada pela Uefa para impedir que os clubes gastem mais do que arrecadam. Especula-se que a diretoria planeja abrir mão de jogadores como Aurier, Matuidi, Krychowiak e até Di Maria para aliviar as suas finanças.

Mbappé se tornou destaque do Monaco a partir do início de 2017, fechando a última temporada com 26 gols e 11 assistências, ajudando o clube a conquistar o título francês - torneio do qual foi eleito revelação da temporada - e chegar às semifinais da Liga dos Campeões da Europa. 

França