Cavani, Mbappé e Neymar marcam pelo segundo jogo seguido e PSG goleia Celtic na UCL

Ataque mais caro do mundo tem estreia apoteótica na Champions, e time parisiense inicia competição como líder da chave B

Cavani, Mbappé e Neymar marcam pelo segundo jogo seguido e PSG goleia Celtic na UCL
Foto: Divulgação/ PSG
Celtic
0 5
Paris Saint-Germain
Celtic: Gordon; Ralston, Lustig, Simunovic e Tierney; Scott Brown e Ntcham; Roberts, Armstrong (Rogic, Intervalo) e Sinclair; Griffiths (Edouard, Min. 68). Técnico: Brendan Rodgers.
Paris Saint-Germain : Areola; Daniel Alves, Marquinhos, Thiago Silva e Kurzawa; Verratti, Thiago Motta e Rabiot (Draxler, Min. 61); Mbappé (Lo Celso, Min. 83), Cavani e Neymar. Técnico Unai Emery.
Placar: 0-1, Neymar, Min. 19 || 0-2, Mbappé, Min. 34 || 0-3, Cavani, Min. 40 || 0-4, LUSTIG, Min. 83 || 0-5, Cavani, Min. 85.
ÁRBITRO: Danielle Orsato (ITA). Cartões amarelos: Simunovic (Min. 38), Ralston (Min. 53), Neymar (Min. 75).
INCIDENCIAS: PARTIDA VÁLIDA PELA PRIMEIRA RODADA DA UEFA CHAMPIONS LEAGUE, REALIZADA NO ESTÁDIO Celtic Park, em Glasgow, na Escócia.

Em busca de seu principal objetivo na temporada: conquistar a Uefa Champions League, o Paris Saint-Germain estreou nesta terça-feira (12), na mais importante competição europeia de clubes. Com gols de Cavani, duas vezes, Neymar, Mbappé e Lustig (contra), o time parisiense goleou o Celtic por 5 a 0, na Escócia, e mostrou que entrou forte na briga pelo inédito título.

Com o placar elástico, o PSG iniciou sua trajetória na Champions como líder do Grupo B. O Bayern de Munique venceu o Anderlecht por 3 a 0, e vem logo em seguida com os mesmos três pontos, mas com saldo de três gols, enquanto o time de Paris tem cinco.

A próxima rodada, marcada para a última semana de setembro, reserva um encontro entre os líderes da chave. O PSG receberá o Bayern no Parque dos Príncipes, no dia 27, às 15h45 (de Brasília). Já o Celtic enfrentará o Anderlecht, na Bélgica, no mesmo dia e horário. 

Arrsasador, PSG encaminha vitória no primeiro tempo 

O Celtic contou com o apoio de sua fanática torcida para tentar surpreender o time francês. Mas quando a bola rolou o PSG não precisou de muito tempo para esbanjar sua superioridade técnica. Aos dois minutos, Dani Alves chegou com a bola à linha de fundo, entregou para Mbappé, que entrou na área, deu um belo corte em seu marcador e efetuou o cruzamento. A bola foi interceptada no meio do caminho, o que fez os jogadores do PSG reclamarem de um toque de mão, mas o árbitro italiano mandou o jogo seguir.

O PSG chegava por todos os lados, inclusive com seus volantes, que jogavam mais adiantados. No entanto, os cruzamentos não se mostravam eficazes. Ajudando na criação da equipe, Verratti apareceu no minuto 11, levantando a bola para Kurzawa, que escorou para Neymar, e o camisa 10 tentou uma jogada de efeito, mas a bola se perdeu pela linha de fundo.

Os donos da casa pareciam assustados com tamanho domínio do PSG, e sequer conseguiam passar pela linha central do gramado. Aos 15 minutos, em jogada pela esquerda, Rabiot serviu Kurzawa, que fez o cruzamento rasteiro, e Cavani tocou para o fundo da rede, mas sem titubear, o árbitro marcou o impedimento do atacante.

O gol anulado não fez falta para os franceses. Em jogada de contra-ataque, Rabiot apareceu mais uma vez pelo lado esquerdo, deu um belo passe para Neymar nas costas de Ralston, e o brasileiro bateu pelo alto, na saída do goleiro Gordon para abrir o placar: 1 a 0. 

(Foto: Divulgação / PSG)
(Foto: Divulgação / PSG)

Depois do placar inaugurado, o time escocês chutou pela primeira vez ao gol. Griffiths cobrou falta de longe, mas o goleiro Areola se esticou e espalmou a bola para escanteio. O time da casa até tentou se lançar ao ataque, mas o PSG soube se comportar defensivamente e não foi ameaçado, embora tenha cedido espaço para o Alviverde.

Aparecendo com bastante liberdade, o italiano Verratti, em jogada pelo lado direito, cruzou para Neymar, que escorou para o meio, viu Cavani furar, mas Mbappé completar para o fundo da rede: 2 a 0. O PSG teve a oportunidade de fazer o terceiro ainda na etapa inicial. Simunovic puxou Cavani no meio da área, e o próprio uruguaio cobrou a penalidade: 3 a 0

Draxler entra, PSG cresce e goleia na estreia 

(Foto: Divulgação / PSG)
(Foto: Divulgação / PSG)

Atual campeão escocês, o Celtic voltou do intervalo com uma importante mudança no meio-campo: Rogic entrou no lugar do pouco participativo Armstrong. Logo no primeiro minuto os anfitriões tentaram diminuir, mas Areola defendeu a bola escorada por Giffiths. O Celtic chegou novamente com perigo no minuto sete, quando Ralston fez uma bonita jogada individual, passando por Thiago Motta e Thiago Silva. No entanto, o goleiro Areola fez o corte, afastando o perigo.

O Paris Saint-Germain já não apresentava a mesma eficácia do primeiro tempo. Com alguns erros de passe, o time parisiense encontrava dificuldades para criar. Então o técnico Unai Emery também mexeu em sua equipe, colocando Draxler no lugar de Rabiot. Ainda assim a melhor oportunidade até o minuto 20 foi dos escoceses. Sinclair ficou frente a frente com Areola, chutou firma, mas o arqueiro espalmou a bola, colando para escanteio.

A entrada do alemão Draxler revigorou o meio-campo do PSG. Pouco acionados nos primeiros minutos da segunda etapa, Neymar e Mbappé tiveram duas boas chances para ampliarem o marcador, mas ambos desperdiçaram.

O jogo parecia controlado pelo Celtic, mas a equipe visitante pressionou na reta final da partida. Em jogada pela direita, Draxler cruzou forte para a área, e a bola bateu em Lustig após a defesa parcial do goleiro Gordon: 4 a 0. E para dar números finais ao jogo, Cavani completou com uma bela cabeçada o cruzamento feito por  Kurzawa na segunda trave: 5 a 0