Com retorno de Neymar, PSG recebe Nantes mirando ampliar vantagem na liderança

Após tropeço do Monaco, time da capital francesa pode abrir seis pontos de vantagem sobre o principal concorrente ao título

Com retorno de Neymar, PSG recebe Nantes mirando ampliar vantagem na liderança
Paris Saint-Germain
Nantes
Paris Saint-Germain : Aurier; D. Alves, Thiago Silva, Marquinhos, Kurzawa; Rabiot, Verratti, Draxler; Neymar, Cavani, Mbappé.
Nantes : Tatarusanu; Dubois, Diego Carlos, Pallois, Lima; Touré, Girotto, Iloki, Thomasson; Nakoulma, Sala
INCIDENCIAS: Partida válida pela 13ª rodada da Ligue 1, a ser realizada no Parc des Princes, em Paris.

Depois da paralisação para a Data Fifa, o Paris Saint-Germain volta a campo pelo Campeonato Francês. Neste sábado (17), o líder da competição enfrenta o Nantes, às 14h (de Brasília), no Parc des Princes, em partida válida pela 13ª rodada da Ligue 1.

Na ponta do campeonato, com 32 pontos, o PSG está invicto na temporada. A equipe da capital pode abrir seis pontos de vantagem sobre o Monaco, que apenas empatou com o Amiens na abertura da rodada. Para este confronto, o técnico Unai Emery terá os seus principais jogadores à disposição, incluindo Neymar, que voltar a jogar pelo certame francês após dois jogos fora. 

A campanha do Nantes surpreende até o momento. Com 23 pontos na tabela, os Canaries estão brigando por vaga em competições europeias. Um resultado positivo neste sábado pode colocar o time verde e amarelo até mesmo na zona de classificação para Uefa Champions League, caso Olympique de Marsielle e Lyon não vençam seus respectivos compromissos.

PSG volta aos trabalhos após pausa 

Com boa parte do elenco -18 jogadores - participando de amistosos e jogos da repescagem para a Copa do Mundo, o técnico Unay Emery teve pouco tempo para preparar sua equipe, que se apresentou apenas na quinta-feira (16). O treinador espanhol não contará com Kimpembe, suspenso, e Thomas Meunier, que retornou da seleção belga com lesão, mas não deve preocupar para as próximas partidas. 

O italiano Marcos Verrati foi a grande surpresa do treinamento. O volante sofreu uma lesão na primeira partida da repescagem das Eliminatórias, contra a Suécia. No entanto, no retorno ao PSG, Verrati participou normalmente das atividades. Já Thiago Motta segue sendo desfalque. O brasileiro naturalizado italiano estava em fase final de recuperação da lesão no joelho, mas precisará passar por uma artroscopia devido a dores que sente no local. 

Jogadores relacionados 

(Foto: Reprodução/Twitter)

Unay Emery comentou sobre o adversário desse sábado, destacando o trabalho realizado pelo treinador italiano Claudio Ranieri:"Na última temporada, o Nantes fez um ótimo trabalho com Sérgio Conceição. Com Ranieri, a equipe manteve esse nível de jogo. Eles são muito organizados, fortes, e é difícil de sofrerem gols. Ranieri tem uma grande experiência no futebol. Ele conseguiu ganhar a Premier League com o Leicester, o que é algo difícil. Ele tem uma ideia de jogo, e o Nantes será muito difícil de ser batido. Temos que preparar bem este jogo, com respeito ao adversário, e jogar com paciência para criar espaços", disse. 

Nantes aposta nas poucas mudanças para surpreender fora de casa

Vindo de vitória por 2 a 1 sobre o Toulouse, a equipe de Claudio Ranieri desejar manter o bom início de campeonato (sete vitórias, dois empates e três derrotas). Para isso, o técnico italiano terá poucas mudanças em sua equipe em relação aos últimos jogos. Vítima de uma pequena lesão muscular na coxa direita, o meio-campista esloveno Rene Krhin não foi relacionado o jogo contra o PSG, assim como o atacante Kalifa Coulibaly, que pediu cirurgia por conta de dores nos adutores. 

Jogadores relacionados 

(Foto: Reprodução/Twitter)

Em entrevista coletiva, o zagueiro brasileiro Diego Carlos declarou que, apesar dos prognósticos apontarem mais uma vitória do PSG, a equipe verde a amarela tem boas condições de fazer uma grande partida. "É um jogo que todos os jogadores querem jogar. O PSG é uma ótima equipe e espero que tudo esteja bem. Será uma partida muito difícil contra uma boa equipe. Eu acho que podemos fazer coisas boas", disse. 

O defensor ainda comentou sobre como será a marcação em cima de Cavani, artilheiro da competição com 13 gols, ao lado do colombiano Falcão Garcia: "O Cavani é um jogador que dá muito trabalho, por sua movimentação.  Ele tem muitas qualidades. Mas um defensor não pode ter medo. Temos que pensar que podemos fazer coisas boas. Eu nunca joguei contra o Neymar. Espero detê-lo e fazer uma boa partida."