Com gols de Neymar e Cavani, PSG supera Troyes e aumenta distância para segundo colocado

Brasileiro chamou a responsabilidade e resolveu o jogo no segundo tempo; Cavani, que desperdiçou penalidade na etapa inicial, balançou as redes no final e chegou a 16 gols no Campeonato

Com gols de Neymar e Cavani, PSG supera Troyes e aumenta distância para segundo colocado
Foto: Jean Catuffe/Getty Images
Paris Saint-Germain
2 0
Troyes

Diante do modesto Troyes, promovido da segunda divisão, o Paris Saint-Germain encontrou dificuldades em partida realizada no Parc des Princes na noite desta quarta-feira (29). Porém, o talento individual falou mais alto e o líder da Ligue 1 venceu por 2 a 0, aumentando sua sequência invicta na temporada. Os gols foram marcados por Neymar e Cavani.

O PSG, agora com 41 pontos em 15 jogos, encontra-se em uma situação bem confortável. Seus principais concorrentes foram derrotados e a vantagem para o segundo colocado é de dez pontos. O Monaco perdeu para o Nantes, enquanto que o Lyon foi superado pelo Lille, desta forma, monegascos e gones permanecem com 29 pontos. O novo vice-líder é o Olympique de Marseille, que chegou aos 31 pontos ao bater o Metz por 3 a 0.

A equipe comandada por Unai Emery terá o Strasbourg como próximo adversário, no sábado (2), fora de casa. No mesmo dia, o Troyes – 13ª colocado com 18 pontos – enfrentará o Guingamp em confronto direto para fugir da parte baixa da tabela. O técnico espanhol poupou vários jogadores, como o goleiro Areola, Dani Alves, Rabior, Mbappé e Draxler. Por outro lado, Trapp, Lo Celso e Pastore ganharam oportunidade na equipe titular.

A primeira boa chance da partida aconteceu aos quatro minutos. Di María arrematou forte pelo lado direito e o goleiro defendeu com dificuldades. A resposta do time visitante veio pouco depois: Grandsir entortou Kurzawa e chutou com perigo, Trapp espalmou.

Neymar criou boa chance pela esquerda, o brasileiro foi à linha de fundo e cruzou de letra, Samassa encaixou. Pelo outro lado, o PSG também tentava. Meunier levantou na área e Azamoum segurou a camisa de Cavani. O árbitro apontou a marca da cal. O uruguaio cobrou forte, no canto direito, Samassa adiantou-se, foi quase na linha da pequena área e espalmou para o lado.

Na volta do intervalo, vendo a equipe parisiense seguia buscando o seu primeiro tento. Neymar chamou a responsabilidade, ele tentava concluir as jogadas. O jogador mais caro do mundo pegou a bola na intermediária e disparou por cima da meta. Ele também cobrou uma falta com perigo, mas Samassa socou para frente. Emery colocou Rabiot e Mbappé emcampo

Insistindo, o clube da capital conseguiu finalmente furar o bloqueio do Troyes: Neymar pegou a sobra na entrada da área pela esquerda, teve muito espaço para adiantar, arrumar e bater cruzado de canhota, no cantinho, sem chances para o goleiro malês. Mas a equipe visitante quase empatou – em uma das raras chances de gol: Azamoum cruzou e Suk cabeceou para baixo, Trapp salvou com o pé.

O Troyes se empolgou, foi para cima e deixou espaços atrás. Em contra-ataque, o PSG antou o segundo gol. Lançamento longo para Neymar, o brasileiro trouxe da esquerda para o meio e rolou para Cavani, o camisa 9 disparou e venceu o goleiro, marcando seu 16º gol na Ligue 1.