Unai Emery lamenta primeira derrota do PSG na temporada: "Não era o nosso dia"

Técnico espanhol citou as chances criadas e não aproveitadas pelo PSG, além das oportunidades dadas ao adversário, que aproveitou para marcar duas vezes

Unai Emery lamenta primeira derrota do PSG na temporada: "Não era o nosso dia"
Foto: NurPhto/Getty Images

De forma inesperada, o Paris Saint-Germain perdeu sua primeira partida na temporada. A expectativa era de mais um jogo burocrático do time da capital fora de casa. Porém, o Strasbourg não se intimidou e bateu o todo poderoso por 2 a 1, em duelo válido pela 16ª rodada da Ligue 1. Somando todas as competições, nesta temporada e na anterior, a equipe somava 25 jogos sem derrota.

A disparidade financeira, e consequentemente técnica, do PSG para seus concorrentes refletiu-se nas rodadas anteriores da Ligue 1. Mesmo com atuações fracas, os comandados de Unai Emery conseguiam manter a invencibilidade. Nesta edição do campeonato, foram 13 vitórias e dois empates.

Porém, tal tropeço não deverá mudar muito o panorama. Os parisienses estão na liderança com 41 pontos, o Monaco é o atual segundo colocado com 32. Em caso de vitória do Olympique de Marseille diante do Montpellier, neste domingo (3), a diferença diminui para sete.

O próximo compromisso do PSG será diante do Bayern de Munique, na terça-feira (5), fora de casa, pela Uefa Champions League. A preocupação com tal partida fez o técnico colocar uma equipe alternativa no Stade de la Meinau. No fim de semana, as atenções voltam para a Ligue 1, quando enfrentarão o Lille, na capital, no sábado (9).

Emery concedeu entrevista coletiva após a derrota e lamentou as chances desperdiçadas e as chances cedidas ao adversário: “A equipe fez a partida que deveria para ganhar. Nós mereceríamos vencer, mas o futebol é assim. É difícil ter uma série de vitórias, ganhar o tempo todo. Em cada partida, tentamos jogar bem e vencer. Hoje, a equipe criou muitas oportunidades, dominou o jogo. Mas em duas ocasiões, nós demos ao Strasbourg a oportunidade de nos vencer. Quando olhamos para todas as chances que criamos, podemos dizer que não era o nosso dia.

O treinador comentou sobre o rodizio que está promovendo no elenco, explicando suas motivações: “Este pode ser o momento de dar tempo aos jogadores porque precisamos de todos. Esperamos criar esta vantagem para poder rodar [o elenco]. Se você não dá rotações à equipe, podemos sofrer no futuro. O mais difícil é sempre vencer. Continuaremos nossa jornada, com tranquilidade. Não estou feliz com o resultado porque não gosto de perder, mas, na classificação, já fizemos uma grande vantagem.

Questionado sobre o impacto negativo de uma derrota antes do compromisso contra o Bayern, Unai disse que a derrota não abalou o time e que o jogo seguinte será um grande teste: “A equipe não perdeu a confiança. Tivemos muitas oportunidades de marcar, mas faltou eficiência. Nós merecemos ganhar, então não estou preocupado. O jogo de terça-feira é importante para nós porque é um grande teste contra uma equipe que também quer ir longe na Liga dos Campeões. Terça-feira, temos de mostrar que queremos ter uma boa temporada.