Argentina: o caminho até a final da Copa América Centenário

Campanha impecável. Isto resume o caminho argentino até a decisão

Argentina: o caminho até a final da Copa América Centenário
Foto: Bob Levey/Getty Images

Neste domingo (26), Argentina Chile decidem, pela segunda vez consecutiva, a Copa América, só que dessa vez a edição centenária do torneio. Para chegar até a decisão, os argentinos passaram longe de ter muitos problemas, vencendo todos os jogos com uma superioridade incrível do início ao fim.

O primeiro desafio dos comandados de Tata Martino no torneio foi nada mais nada menos que o adversário da decisão, o Chile, e, claramente, foi o confronto mais difícil para a Albiceleste. Com um de Di María e outro de Banega, os argentinos venceram os chilenos por 2 a 1 na estreia da competição, mostrando seu favoritismo no torneio desde o início.

Di María comemorando seu gol contra o Chile (Foto: Brian Bahr/LatinContent/Getty Images)
Di María comemorando seu gol contra o Chile (Foto: Brian Bahr/LatinContent/Getty Images)

Depois de uma estreia complicada, vieram dois jogos bem tranquilos contra, respectivamente, Panamá Bolívia. Contra os panamenhos, um verdadeiro passeio e um show de Lionel Messi, que saiu do banco, marcou três e foi o destaque na goleada por 5 a 0. Otamendi Agüero completaram o massacre. Contra os bolivianos, mais uma fácil vitória, só que dessa vez por "apenas" 3 a 0, com gols de LavezziLamela Victor Cuesta. Nove pontos, 100% de aproveitamento, dez gols marcados e um sofrido na primeira fase.

Nas quartas de finais, a vítima da vez foi a pobre Venezuela, que também não teve chances contra um show argentino. Messi, que igualou Bautista na artilharia da seleção argentina com este gol, Lamela e Higuaín, duas vezes, comandaram o fácil triunfo da Albiceleste por 4 a 1, assegurando a vaga nas semifinais.

O adversários das semifinais foram os donos da casa. Isso seria um problema? Nem um pouco. Mais um show da equipe de Tata Martino e com direito a um gol simplesmente antológico de Messi, que se tornou o maior artilheiro da Albiceleste. O resultado da partida foi um tranquilo com 4 a 0, com um do camisa 10, dois de Higuaín e outro de Lavezzi. Vaga garantida na decisão. Veja o golaço de Messi abaixo:

Campanha simplesmente impecável e tranquila dos argentinos até a decisão, que chegam, sem sobra de dúvidas, com o favoristimo ao seu lado. 18 gols marcados e apenas dois sofridos em cinco jogos no torneio. Messi busca seu primeiro título com o uniforme da seleção, mas terá um confronto bem complicado contra a equipe que foi campeã da Copa América ano passado em cima da própria Argentina. Neste domingo saberemos quem leva a melhor.