Argentina precisa superar fantasma do 'vice' para ser campeã da América

Foram duas finais seguidas em dois anos consecutivos, o fantasma do vice volta a assombrar os argentinos, é a hora da Albiceleste mostrar maturidade e personalidade para se "vingar" diante os Chilenos

Argentina precisa superar fantasma do 'vice' para ser campeã da América
Argentina precisa superar fantasma do 'Vice' para vencer final a Copa América

Neste domingo (26), a Argentina reeditará a final da última Copa América diante o Chile, ás 21h (Brasília), no MetLife Stadium. Apesar de ter conquistado 14 vezes a competição, os hermanos enfrentam um grande dilema: Desde 1993 não ganham títulos de grande importância.

São 23 anos sem levantar algum caneco, e nos últimos dois anos chegou em finais:  Em 2014 na Copa do Mundo poderia ter se tornado Campeã Mundial, mas perdeu para a Alemanha por 1 a 0, e em 2015 pela Copa América, apesar de ser considerado o adversário a ser batido, viu os Chilenos ganharem nas penalidades máximas.

Fator 'Messi' poderá decidir a favor da Alviceleste

Para uma equipe que conta com Lionel Messi, considerado por muitos o melhor jogador das últimas décadas a pressão é muita, e perder a chance de ser campeão levantaria dúvidas se algum dia a atual geração venceria alguma coisa.

O maior título que o camisa 10 argentino conquistou foi a medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de Pequim em 2008. Tirando isso, nada. Por causa disso é constantemente contestado pela mídia local, com comparações de suas atuações no Barcelona e no time nacional.

Vencedor de 5 bolas de Ouro,  a maior pedra de sapato do Craque Argentino é vencer uma competição atuando pelo seu país. Foto: Corbis Sport/GettyImages

É inegável que Messi faz uma bela Copa América, sendo comparado a Michael Jordan na terra do Tio Sam, o jogador não marcou somente em dois confrontos: Diante o Chile no qual nem entrou em campo por conta de problemas físicos, e da Bolívia, ainda na fase de Grupos.

Porém para conquistar sua grande obsessão terá que repetir suas boas atuações, pois, nas duas finais que participou o atleta ficou em branco e não apresentou o grande futebol que muitos esperam. Marcar, servir os companheiros será crucial para carimbar seu nome não só no estrangeiro, mas também na história de seu país. Afinal, ele já é o maior artilheiro da Argentina de todos os tempos.

Os 5 maiores artilheiros da Seleção Argentina

Nome Número de Gols
Lionel Messi  55 gols
Gabriel Batistuta 54 gols
Hernán Crespo 35 gols
Sergio Aguëro 34 gols
Maradona

Psicológico deve ser o maior aliado para ser Campeão da América

O grande defeito dessa seleção na visão de muitos argentinos tem sido no aspecto psicológico, os comandados de Tata Martino desenvolvem um bom futebol, todavia quando chega na hora "H", não rendem o que produziram.

Se muitos cornetam Messi, a questão não é só ele. Tem que estar preparado tanto fisicamente quanto mentalmente, para poder conquistar. As duas finais mostraram que a equipe não tinha se preparado nesse aspecto, e viu a taça passar por perto.

Nomes como Higuaín, Di Maria passaram em branco na grande decisão. Se o segundo dos citados só jogou na primeira partida devido há uma lesão e poderá estar apto para entrar entre os onze inicias, já o primeiro tem o dever de mostrar o porque foi o maior artilheiro da Calcio nesta temporada.

Nomes como Erik Lamela, Agüero podem resolver, entretanto para isso acontecer o aspecto mental deverá falar alto. Eles já provaram no clube onde atuam que podem decidir, falta provarem isso vestindo a camisa do seu país. Martino tem as cartas na mão, resta saber se as preparou da melhor forma.