Calleri perde pênalti e Argentina empata sem gols com Colômbia em amistoso antes da Olimpíada

As duas seleções estarão no Rio de Janeiro em busca do ouro olímpico e o amistoso foi o pontapé inicial da preparação

Calleri perde pênalti e Argentina empata sem gols com Colômbia em amistoso antes da Olimpíada
Foto: Divulgação/AFA
Argentina
0 0
Colômbia
Argentina: Rulli; Gómez, Giannetti, Cuesta, Soto; Martínez (Lucas Romero), Ascacibar (Arzura), Lo Celso (Diego Espinoza), Correa (Gio Simeone), Lanzini (Magallán); Calleri. Técnico: Julio Olarticoechea.
Colômbia: Hurtado; Palacios, Deivy Balanta, Tesillo, Machado; Barrios, Kevin Balanta, Pabón; Teo, Roa (Lerma), Preciado (Borja). Técnico: Restrepo.
ÁRBITRO: Vincent Apple-Chiarella (EUA).
INCIDENCIAS: Partida amistosa preparatória para os Jogos Olímpicos Rio 2016, realizada no estádio da Universidade da Flórida, em Miami/USA.

Em partida amistosa preparatória, visando os Jogos Olímpicos Rio 2016, realizada no estádio da Universidade da Flórida, em Miami, Estados Unidos, Argentina e Colômbia empataram por 0 a 0. Com direito a pênalti perdido pelo ex-jogador do São Paulo, Calleri, a equipe comandada por Julio Olarticoechea foi melhor durante todo o jogo. Já os comandados por Restrepo, que também estarão no Rio, não se apresentaram tão bem, com o goleiro Rulli sendo destaque.

A primeira grande chance de ataque foi do selecionado colombiano. Logo aos seis minutos, com Preciado recebendo passe milimétrico feito por Roa e, na saída Rulli, mandando na trave esquerda. Após o susto, a seleção argentina começou a se organizar melhor, trocando passes e controlando os ânimos. Aos 21, grande chance de abrir o placar. Ascacibar cruzou, a defesa colombiana cortou mal e, após o bate rebate na grande área, Lanzini emendou uma bicicleta que passou com perigo. 

Logo no começo do segundo tempo, aos três minutos, Correa cobrou escanteio e Cuesta desviou, tirando do goleiro Rulli, que saiu mal no lance, mas a bola foi para fora. A Colômbia pouco fazia na partida e os comandados por Olarticoechea seguiam melhor. Aos 20', Calleri perdeu uma chance clara. Diego Espinoza fintou Roa pela direita e mandou para a grande área, o camisa 9 chegou mergulhando e, com o gol aberto, cabeceou para fora.

Um erro do bandeira impediu que o zero saísse do placar no lance seguinte. Espinoza recebeu passe no meio da defesa colombiana em posição legal e completou para as redes, mas o lance já estava parado, pois o impedimento tinha sido assinalado. De tanto pressionar, a Argentina teve a chance de transformar o domínio durante todo o jogo no gol da vitória. 42 minutos, pênalti de Machado em Calleri. O centroavante ex-São Paulo cobrou mal, mandou longe do gol e a partida terminou mesmo com o placar zerado.