Raio-X: Lionel Messi

Argentino será essencial para um urgente vitória contra o Brasil, um dos seus maiores "fregueses"

Raio-X: Lionel Messi
Foto: Hugo Alves/VAVEL Brasil

O maior clássico do futebol sul-americano e um dos maiores do planeta tomará conta do estádio Mineirão nesta quinta-feira (10). Brasil Argentina fazem mais um clássico que promete parar ambos os países, ainda mais com a seleção canarinha em uma grande ascensão e os argentinos precisando urgentemente da vitória. E um jogador que pode ser diferencial para a partida é ele: Lionel Messi.

Retornando à seleção após contusão que o deixou de fora dos confrontos com Paraguai e Peru, o camisa 10 está, como sempre, numa forma sublime. Parece até que a lesão que sofreu no Barcelona nem aconteceu, já que ele voltou no mesmo gás, sendo essencial no clube espanhol.

Se Messi é importante no elenco cheio de estrelas do Barcelona, imagina na Argentina. Sem ele em campo, a equipe de Edgardo Bauza é apenas uma correria. Um time totalmente desorganizado taticamente, que precisa sempre da individualide de um jogador ou outro para criar chances de gol, tanto que a Argentina tem o terceiro pior ataque das Eliminatórias.

Além disso, Messi é um verdadeiro líder dentro de campo. Com todo seu talento e capacidade de decidir, ele consegue envolver toda a equipe no jogo. Todas as jogadas de ataque passam pelos seus pés, ainda mais pelo fato dele se movimentar bastante, de um lado para outro, mas, principalmente, quando centraliza, ele consegue dar versatilidade ao time.

Sem Messi, a Argentina não anda para frente. A "Messidependência" chega a ser assustadora para a tamanha qualidade que o time possui em jogadores como Sergio Agüero, Gonzalo HiguainAngel Di Maria Paulo Dybala. Mas, como já dito, a equipe não pode depender apenas dos valores individuais. Precisa de uma cabeça pensante, e esse alguém é Lionel Messi. 

Para esta partida contra o Brasil, Messi, que normalmente brilha nos clássicos. Em sete partida que atuou pela seleção principal contra o Brasil, Messi marcou quatro gols, sendo três desse num lendário amistoso entre as equipes em 2012, no Estados Unidos, quando os argentinos venceram os brasileiros por 4 a 3, com show da fera. Veja abaixo.

O Brasil é, sem sombra de dúvidas, uma das vítimas preferidas do camisa 10. Muitas das suas grandes atuações pela seleção foram contra os brasileiros, que normalmente não conseguem segurá-lo nos confrontos. Precisando, mais do que nunca, da vitória nesta quinta, com certeza Messi jogará tudo que sabe para ajudar a Argentina a ficar mais confortável nas Eliminatórias.