Com gol de Benedetto, Boca Juniors vence Lanús pelo placar mínimo

Partida foi acirrada e campo molhado pela chuva dificultou bom andamento

Com gol de Benedetto, Boca Juniors vence Lanús pelo placar mínimo
Foto: Divulgação / Boca Juniors
Lanús
0 1
Boca Juniors
Lanús: Andrada; Di Plácido, Herrera, García Guerreño, Pasquini; Sánchez, Maciel(Marcone, min 37/2T), Rojas(Martinez, min 15/2T) ; Vera (Acosta, min 9/2T), Denis, Silva. Técnico: Jorge Almirón
Boca Juniors: Rossi; Jara, Goltz, Magallán, Fabra; Pérez(Nahitan Nadez/ 2T), Barrios, Gago; Pavón, Benedetto(Walter Bou, min 43/2T), Cardona (Junior Benítez, min 28) Técnico: Gustavo Barros Schelloto
Placar: 0-1, min 38/2T, Benedetto.
ÁRBITRO: Árbitro: Fernando Echenique Cartões amarelos: Herrera (min. 04) Di Plácido (min 40) Pablo Pérez (min 43) Wilmar Barrios (min 13/2T) Edwin Cardona (min 24/2T) Silva (min 28/2T)
INCIDENCIAS: Partida valida pela segunda rodada do Campeonato Argentino 2017/18

Pela segunda rodada do Campeonato Argentino 2017/18, o Boca Juniors foi até Lanús enfrentar a equipe que leva o mesmo nome da cidade, e com o campo bastante prejudicado pela chuva, a equipe Xeneize venceu por 1 a 0, com gol de Benedetto.

Com a vitória no placar, a equipe de Schelloto assumiu a segunda posição e enfrentará o Godoy Cruz, na Bombonera, no próximo domingo (17). Já o Lanus, enfrentará o Independiente em Avellaneda.

Jogo frio e poucas chances para ambos os lados

O primeiro tempo já começou agitado, logo ao primeiro minuto, Cardona mandou um belo chute no gol, porém errou a mira. Já aos quatro minutos, saiu o primeiro cartão amarelo do jogo, para o lado dos donos da casa, Herrera.

Cardona seguia firme e, aos seis minutos, uma nova oportunidade, que passou ao ladinho do gol. O goleiro do Lanús fazia uma boa partida. Aos 18 minutos, Di Plácido arriscou o chute de longe para o lado do Granate, mas a bola saiu desviada.

A partida seguiu dessa maneira, Boca Juniors não criou muito e Lanús ao decorrer dos 45 minutos foi melhorando seu desenvolvimento. Aos 43 minutos, talvez a melhor chance da equipe da casa, o chute de Rojas foi defendido sem dificuldades por Rossi. O juiz apitou o fim do primeiro tempo.

Lanús melhora, mas vê Boca Juniors abrir o placar

Antes do árbitro autorizar o início da segunda etapa, Schelloto mexeu na equipe, tirou Pablo Perez e colocou Nandez em seu lugar. O atleta estreou com a camisa azul y oro.

O Lanús começou arriscando mais essa etapa, porém não criava lances com precisão. Aos 10 minutos, falta em cima de Nandez, falta perigosíssima para a equipe Bostera. Na cobrança, Cardona acertou em cheio o travessão, o melhor lance Xeneize até o momento.

Aos 16 minutos, após boa jogada de Acosta, a bola chegou nos pés de Martinez, que tinha acabado de entrar. O camisa 10 do Lanús finalizou praticamente a queima roupa, porém a bola passou resvalando o travessão, por muito pouco a equipe da casa não abriu o placar. No lance seguinte, outra finalização perigosa, dessa vez a bola ficou com Rossi.

Aos 21 minutos, Fabra fez falta dura em Martinez, próxima a área, Pasquini cobrou, mas a bola ficou na barreira, na continuidade do lance uma outra chance muito boa do Lanús, e outra vez a bola foi ao lado da trave. Lanús melhor na partida.

Cardona arriscou um bom chute aos 27 minutos, porém o arqueiro Granate fez uma defesa segura. O Boca Juniors tentava criar, porém, a defesa do Lanús estava bem sólida.

Faltando 10 minutos para o minuto final, Fabra invadiu a área deixando jogadores do Lanús para trás. Próximo de finalizar, Martínez puxou o lateral colombiano pela camisa, o que seria pênalti, porém o árbitro não marcou. Na finalização, Fabra mandou o chute nas mãos de Andrada.

Aos 38 minutos, Fabra novamente puxou a jogada, passou para Jara, que cruzou perfeitamente para Pipa Benedetto, o atleta só dominou e mandou a bomba para o fundo das redes. Boca Juniors 1 a 0.

O árbitro deu quatro minutos de acréscimo, porém, o jogo continuou igual, o Boca Juniors venceu o Lanús por 1 a 0 e se encontra em segundo lugar na superliga, atrás somente do Velez, pelo saldo de gols no torneio, passadas duas rodadas.