Lanús: o temido time da virada na Copa Libertadores

Nessa edição do campeonato continental, equipe argentina conseguiu reverter dois placares no mata-mata

Lanús: o temido time da virada na Copa Libertadores
Lanús: O time da virada da Copa Libertadores. Comemoração de jogadores com Almirón(Foto: Amilcar Orfali / Getty Images)

Desde as oitavas de final da Copa Libertadores da América 2017, o Lanús vem sobrevivendo de viradas “heroicas”. Os argentinos enfrentam Grêmio nesta quarta-feira (29), às 21:45, para decidir quem fica com a taça do torneio continental, no estádio La Fortaleza, no sul da Província de Buenos Aires. No primeiro Jogo, o Granate perdeu por 1 a 0 na casa do Tricolor gaúcho, em Porto Alegre.

Apesar da derrota, os Hermanos se mantém confiante, pois não é primeira vez que revertem placares em casa. No início da fase mata-mata , já iniciaram mostrando como sua casa impulsiona a equipe para partidas “heroicas”. Como foi o segundo colocado no quadro geral da competição (atrás apenas de Atlético Mineiro), usa o fator de ter decidido todas as partidas na Argentina para suas viradas.

Nem só com bom futebol e partidas épicas o Lanús chegou à final. Na fase de grupos, a equipe argentina havia perdido para a Chapecoense por 2 a 1. Com a vitória, a Chape ficaria com a liderança do Grupo 7, e deixaria o Lanús em terceiro lugar. No entanto, a escalação irregular do zagueiro Luiz Otávio na partida entre os brasileiros e argentinos, acabou tirando o Índio Condá da competição. Tal fato ajudou o clube de Buenos Aires a ficar com a primeira posição, já que acumulou mais três pontos. Ainda somou, assim, a segunda melhor campanha geral do torneio na fase de grupos.

Nas oitavas de final, o Lanús enfrentou o The Strongest-BOL. No primeiro jogo, o empate em 1 a 1 deixou a decisão para Argentina. No jogo de volta, vitória magra por 1 a 0 que colocou os argentinos nas quartas de final.

Contra o compatriota San Lorenzo, o Lanús perdeu o jogo de ida pelo placar de 2 a 0. Por mais difícil que fosse reverter o placar, o Lanús aplicou o mesmo placar no time do papa e ganhou nos pênaltis da equipe do bairro de Boedo.

A fase semifinal ergueu o moral do Grená. Outra vez contra um argentino. Desta vez, o Lanús enfrentou o gigante River Plate e mais uma vez decidiu em casa. No jogo de ida, no estádio Monumental del Nuñez, vitória por 1 a 0 do River. Além da vantagem do vermelho e branco na primeira partida, o Lanús terminou o primeiro tempo perdendo por 2 a 1, dentro do estádio La Fortaleza. Mesmo com essa desvantagem, o Lanús conseguiu reverter. O 4 a 2 diante do River levou à equipe Granate para sua primeira final de Copa Libertadores da América.