Goleiro Campaña elogia companheiros após conquista do Independiente: "Mística existe"

Essencial para a conquista, goleiro credencia conquista ao tamanho do Independiente e na qualidade dos seus companheiros de equipe

Goleiro Campaña elogia companheiros após conquista do Independiente: "Mística existe"
Foto: Carl de Souza/AFP/Getty Images

Grandes equipes são formadas por grandes goleiros. Com o Independiente, campeão da Copa Sul-Americana diante do Flamengo, não foi diferente: Martin Campaña foi um dos ícones do Rojo na campanha do título, sendo um arqueiro seguro e habilidoso, o que o credencia, consequentemente, a ser chamado regularmente para a Seleção Uruguaia.

Um dos lances capitais da partida foi uma defesa em chute de Éverton, que saiu cara a cara com o goleiro, dentro da área. Sobre o jogo, Campaña deu uma declaração, dando suas considerações “A equipe precisava de um momento muito duro. Eu estava tranquilo, inclusive tentei fazer um drible dentro da área, que, provavelmente, congelou os corações de todos os torcedores Rojos. A equipe demonstrou que é muito boa no ataque, e que não iríamos perder de nenhuma forma como visitante”, disse.

Além disso, o goleiro destacou a energia e o tamanho do Independiente, que conquistou o seu 17º título internacional em sua história. “A mística existe, é só notar todas as pessoas que vieram até aqui (no Maracanã), o Independiente é grande de verdade. As coisas vem sendo bem feitas desde a diretoria, com o corpo técnico e com os jogadores, uma garra e um compromisso bárbaro.”, completou.

Para completar, o goleiro foi sincero ao ser perguntado sobre se, em alguma parte do jogo, havia se jogado no chão, fingindo uma lesão para o tempo, a favor do Rojo, passar. Questionado sobre o lance que resultou em um cartão amarelo para o arqueiro, Campaña afirmou que não fez uma encenação. “Não, essa foi a única verdadeira. Nas outras, admito que atuei um pouco.”, disse, em bom tom.