Em crise, Milan visita Bologna para voltar a vencer e seguir na luta pela Europa League

Em sétimo lugar, Diavolo tenta um triunfo para continuar na briga pela sexta colocação contra os rossoblu já salvos e sem muita aspiração na competição

Em crise, Milan visita Bologna para voltar a vencer e seguir na luta pela Europa League
Arte: Hugo Alves/VAVEL Brasil
Bologna
Milan
Bologna: Mirante; Rossetini, Oikonomou, Gastaldello e Masina; Diawara, Taider (Brighi) e Mounier; Brienza, Floccari e Giaccherini. Técnico: Roberto Donadoni
Milan: Donnarumma; De Sciglio, Mexès, Romagnoli e Calabria; José Mauri, Montolivo, Kucka e Honda; Bacca e Balotelli. Técnico: Cristian Brocchi

Nesse sábado (7), Bologna e Milan vão se enfrentar no estádio Renato Dall'Ara, em partida válida pela 37ª rodada da Serie A, às 15h45 (de Brasília).

Já livre do rebaixamento, o Bologna ocupa a décima terceira colocação, com 41 pontos, e joga apenas para cumprir tabela no campeonato. O Milan, por sua vez, joga suas últimas fichas em busca de uma vaga à Uefa Europa League: o time ocupa a sétima posição, com 54 pontos, um a menos que o Sassuolo, atualmente em sexto.

LEIA MAIS: Pellegrini deixa em aberto possibilidade de treinar o Milan: "Sempre quis a Serie A"

Na última rodada, os comandados de Donadoni apenas empataram fora de casa contra o Empoli por 0 a 0. Já o Diavolo recebeu o vice-lanterna, Frosinone, em casa e também só empatou, mas por 3 a 3.  

A partida entre essas duas equipes no primeiro turno, disputada em Milão, terminou com uma surpreendente vitória do Bologna, por 1 a 0, com gol de Emmanuel Giaccherini

Com desfalques, Donadoni quer terminar a temporada da melhor forma 

Depois de atingir o objetivo principal da equipe na competição - evitar um novo rebaixamento -, agora o Bologna pensa em melhorar a sua posição na tabela de classificação e terminar da melhor maneira possível.  

Mas, para isso, Roberto Donadoni terá alguns problemas para montar a sua equipe, já que são seis desfalques, entre eles, os titulares Destro e Rizzo. Com isso, Floccari ganha a vaga no comando do ataque e formará o setor com Brienza e Giaccherini.  

No meio de campo, Mounier assume o posto e, juntamente com Diawara e Taider, comporá o setor do time de Donadoni. No mais, será o time que vem atuando regularmente desde que o treinador assumiu o clube ainda em 2015. 

Para falar sobre esse duelo, Donadoni foi bem claro ao dizer que se o Bologna quiser fazer uma boa partida, terá que atuar melhor do que nas últimas partidas, já que o adversário é mais qualificado. Mas também ressaltou a importância que fazer um bom resultado na última partida da equipe em casa.

"Não queremos errar nessa partida, o resultado dependerá de vários fatores, mas temos que interpretar a partida da maneira correta. É o último jogo em casa e temos o dever de jogar bem, até pelo adversário que enfrentaremos que irá em campo em busca dos seus objetivos e por isso, deveremos aumentar a nossa concentração em relação aos jogos diante de Empoli e Genoa", salientou.  

Em crise, Milan joga para salvar a temporada 

Depois de ficar em sexto lugar por muitas rodadas, o Milan perdeu essa posição justamente na reta final da competição e a probabilidade de ficar fora das competições europeias pela terceira temporada seguida é mais do que real. Por isso, a equipe tem dois jogos para vencer e tentar essa vaga na Europa League. 

Se o Bologna terá desfalques, a situação no Diavolo não é diferente, pois cinco jogadores estão fora de combate, sendo quatro deles considerados titulares: Antonelli, Niang, Bonaventura e Abate - Ménez é reserva. Entretanto, Brocchi vai ganhar o retorno do contestado Bertolacci, mas que deve ficar apenas no banco de reservas. 

Na defesa, Mexès e Calabria devem ganhar as vagas de Alex (barrado) e Abate (lesionado). O restante do time será o mesmo que decepcionou na última rodada empatando com o vice-lanterna depois de estar perdendo por 3 a 1, inclusive com a confirmação de Balotelli como dupla de ataque de Bacca, mesmo o atacante italiano não tenha jogado bem e ainda ter desperdiçado uma penalidade máxima.

LEIA MAIS: Kovacic e Lucas Silva podem reforçar o Milan na próxima temporada, diz imprensa italiana

Na tradicional coletiva, Cristian Brocchi afirmou que, diferentemente do que tem parecido, o time está totalmente focado e motivado para buscar essa vaga na Europa League através do campeonato. Ele também assegurou que a final da Copa Itália contra a Juventus não está tirando o foco da equipe na Serie A.

"O time tem vontade de levar o Milan para a Europa League, afinal eles mesmos me disseram isso. Eles podem ser ótimos atores, mas eu prefiro acreditar nas palavras dos meus atletas", falou.