Diretor da Roma garante que lutará pela permanência de Nainggolan e Pjanic no clube

Meias estão estão na mira de vários clubes, mas Walter Sabatini assegura que irá brigar para fazer a manutenção elenco titular visando a próxima temporada

Diretor da Roma garante que lutará pela permanência de Nainggolan e Pjanic no clube
Clubes como Bayern de Munique e PSG estão de olho na dupla (Foto: Getty Images)

Com o mercado de transferências esquentando e surgindo os primeiros rumores, a boa temporada da Roma na Serie A, sobretudo no segundo turno, faz seus jogadores serem um grande alvo das potências europeias. Em entrevista para o canal italiano Sky Sport, o diretor da equipe da capital, Walter Sabatini, revelou que irá fazer de tudo para garantir a permanência de seus jogadores, principalmente dos meias Miralem Pjanic e Radja Nainggolan.

Porém, o dirigente revelou que Francesco Totti, capitão e ídolo máximo dos giallorossi, está muito próximo de renovar por mais uma temporada. "Há uma discussão em curso com o presidente [James Pallotta] e nenhum problema, apenas requer ajustes para a sua atividade futura como diretor. Estamos no caminho para uma solução", disse Sabatini em relação ao futuro de Totti.

Com interesses do Barcelona, Paris Saint-Germain, Bayern de Munique e Chelsea em Pjanic e Nainggolan, Sabatini contou a briga pela permanência de ambos jogadores: "Depende do que os atletas querem. Posso dizer que vamos tentar mantê-los na Roma e fazer a equipe ainda mais competitiva do que nos últimos anos. Acho que podemos conseguir isso", avaliou.

Já sobre o atacante Edin Dzeko, Sabatini explicou a situação dele na Roma: "Edin Dzeko é um jogador muito forte, mas não teve muita sorte nesta temporada. Ele não encontrou consistência e o treinador encontrou uma solução tática importante, com os três atacantes 'light'. Uma vez que nós começamos marcando uma média de três gols por jogo, foi difícil de quebrar esse lado e dar a Dzeko tempo de jogo. Ele é um profissional exemplar e nunca será um problema para nós", comentou.

Por fim, Sabatini anunciou que irá se afastar de suas funções na próxima temporada, apesar que o técnico Luciano Spalletti queira que fique. "É o que o treinador espera, mas eu sei o que vou fazer e o que estou fazendo agora é colocar o máximo de esforço para no mercado a fim de favorecer a Roma", concluiu.

A primeira grande tacada da Roma foi a contratação do goleiro Alisson Becker, ex-Internacional. Outro possível alvo de transferência do clube da capital é o meio-campista do Bologna, Amadou Diawara. Os giallorossi voltam a campo nesta próxima sexta-feira (20), em um jogo amistoso diante do Al Ahly, no Egito.