Sem Jorginho e com Thiago Motta usando a 10, Conte divulga lista final da Itália para a Eurocopa

Treinador cortou sete jogadores: Astori, Rugani, Zappacosta, Jorginho, Montolivo, Benassi e Bonaventura

Sem Jorginho e com Thiago Motta usando a 10, Conte divulga lista final da Itália para a Eurocopa
Thiago Motta será o camisa 10 da Itália na Euro (Foto: Divulgação/Federação Italiana de Futebol)

O treinador Antonio Conte divulgou nesta terça-feira (31) a lista final da Itália para a disputa da Eurocopa, que será realizada em junho, na França. A convocatória conta com dois ítalo-brasileiros, o volante Thiago Motta e o atacante Éder. Porém, a surpresa é o corte de Jorginho, volante brasileiro naturalizado italiano que terminou a temporada 2015/16 sendo um dos destaques do Napoli.

Além de Jorginho, Conte excluiu outros seis jogadores que foram chamados para a pré-lista: Davide Astori (zagueiro, Fiorentina), Daniele Rugani (zagueiro, Juventus), Davide Zappacosta (lateral, Torino), Riccardo Montolivo (meio-campista, Milan), Marco Benassi (meio-campista, Torino) e Giacomo Bonaventura (meia-atacante, Milan). Montolivo foi cortado porque não se recuperou de uma lesão na panturrilha.

As escolhas foram feitas. Nós refletimos bastante e escolhemos o melhor à nossa disposição. Apesar de estar um pouco preocupado, eu tenho algumas ideias muito precisas”, disse Antonio Conte, durante a transmissão da convocação em um especial de TV na emissora italiana Rai.

A Itália ficará concentrada na cidade de Montpellier durante a Europa. Os italianos estão no Grupo E, ao lado de Bélgica, Irlanda e Suécia. A estreia no torneio ocorrerá no dia 13 de junho contra a Bélgica, em Lyon. Posteriormente, a Azzurra enfrentará a Suécia, em Toulouse, dia 17, e fecha a fase de grupos diante da Irlanda, em Lille, dia 22. Antes, porém, a Itália jogará um amistoso contra a Finlândia, na próxima segunda (6), em Verona.

Confira a lista dos 23 convocados:

Goleiros: Gianluigi Buffon (Juventus), Salvatore Sirigu (Paris Saint-Germain) e Federico Marchetti (Lazio).

Defensores: Andrea Barzagli (Juventus), Leonardo Bonucci (Juventus), Giorgio Chiellini (Juventus), Angelo Ogbonna (West Ham), Matteo Darmian (Manchester United) e Mattia De Sciglio (Milan).

Meio-campistas: Federico Bernardeschi (Fiorentina), Antonio Candreva (Lazio), Daniele De Rossi (Roma), Stephan El Shaarawy (Roma), Alessandro Florenzi (Roma), Emanuele Giaccherini (Bologna), Stefano Sturaro (Juventus), Thiago Motta (Paris Saint-Germain) e Marco Parolo (Lazio).

Atacantes: Éder (Internazionale), Ciro Immobile (Torino), Lorenzo Insigne (Napoli), Graziano Pellè (Southampton) e Simone Zaza (Juventus).