Shevchenko comenta futuro do Milan: "Donnarumma tem uma qualidade enorme"

Ucraniano hoje faz parte da comissão técnica da Seleção Ucraniana, que irá participar da Eurocopa 2016, na França

Shevchenko comenta futuro do Milan: "Donnarumma tem uma qualidade enorme"
Lenda hoje faz parte da comissão técnica da Seleção Ucraniana (Foto: Marco Bertorello/ Getty Images)

Multicampeão e um dos principais ídolos de toda a história do Milan, Andriy Shevchenko deu uma entrevista exclusiva ao site oficial do clube rossoneri. Diretamente da concentração da Seleção Ucraniana que se prepara para a disputa de mais Eurocopa, realizada desta vez na França, o eterno camisa 7 do Diavolo falou por telefone sobre o momento vivido pela equipe nesta última temporada.

Dentre os temas abordados, Shevchenko falou sobre a aposentadoria de Abbiati e a grande fase de crescimento de Gigi Donnarumma na meta milanista.

"Mando um grande abraço a Abbiati. Fomos companheiros de clube por muitos anos, e ele foi sem dúvidas um grande goleiro, uma excelente pessoa e um grande profissional. Já Donnarumma, mostrou uma incrível experiência para um garoto de sua idade, se saiu muito bem desde que assumiu a vaga de titular. Espero que ele permaneça no Milan por muito tempo, e que construa uma grande carreira", afirmou o ucraniano.

Um dos setores mais criticados da equipe rossoneri há um bom tempo segue sendo o ataque. Balotelli voltou por empréstimo e não conseguiu desempenhar todo o seu potencial. Especialista, e muito no assunto, Shevchenko deu sua opinião sobre o atual setor ofensivo do Milan, dando até mesmo dicas de um nome que poderia se encaixar na equipe de Brocchi.

"Carlos Bacca teve uma boa temporada e anotou um monte de gols. É difícil fazer um julgamento sobre um jogador que atuou por somente um temporada no clube, mas ele teve um grande desempenho. Eu o manteria na equipe. Na Ucrânia, temos Yarmolenko de quem eu gosto muito. Ele joga muito bem pela direita, mas também pode atuar na esquerda. Seria uma ótima opção para o Milan nesta próxima janela de transferências", indicou.

Membro da comissão técnica da Seleção Ucraniana desde fevereiro, Andriy Shevchenko acompanhará de perto a participação da equipe na Eurocopa que se inicia dentro de poucos dias. Com ambições altas de se tornar um treinador no futuro, Shev usa um exemplo recente como espelho para se tornar um técnico vencedor.

"Quando você decide ser treinador o seu primeiro grande trabalho é sempre um risco, pois você ainda não tem experiência, por isso gosto de me espelhar em Zidane. Ele começou trabalhando com as categorias de base e então foi assistente de Ancelotti, antes de assumir a equipe principal em um momento difícil. Ele realizou um trabalho fantástico, manteve uma relação de união invejável com o elenco e venceu a Uefa Champions League", revelou.

A Ucrânia estreia na Euro no próximo dia 12, diante de ninguém menos do que a atual campeã mundial, a Alemanha, que não vive um grande momento.