Juventus paga cláusula e contrata Pjanic por cinco temporadas, diz imprensa italiana

Segundo o canal Sky Sports Italia, meia bósnio ganhará € 4,5 milhões por ano no clube de Turim

Juventus paga cláusula e contrata Pjanic por cinco temporadas, diz imprensa italiana
Pjanic comemora seu gol na vitória contra o Chievo, talvez sua última partida pela Roma no Olimpico (Foto: Paolo Bruno/Getty Images)

A Roma pode estar no final do processo de reforçar um de seus maiores rivais nesse intervalo entre temporadas. A Juventus de Massimiliano Allegri teria interesse na contratação do meia Miralem Pjanic e a negociação entre os dois clubes já estaria avançada, segundo a mídia italiana.

A maior discordância é em relação ao valor que seria pago pela transferência. O bósnio tem em seu contrato uma cláusula que prevê multa rescisória de € 38 milhões. Apesar disso, a Juve pagaria apenas € 30 milhões mais bônus pela contratação do camisa 15, segundo alguns setores.

No entanto, o canal Sky Sports Italia noticiou que os dois clubes entraram em acordo depois de a Juve confirmar que pagaria os € 38 milhões da cláusula. Isso também seria vantajoso para o jogador, que receberia uma porcentagem da transferência, especulada entre 15 e 20%. A troca de clube renderia a Pjanic um contrato de cinco anos de duração em Turim, recebendo por volta de € 4,5 milhões mais alguns bônus já pré-acordados entre a diretoria e o jogador.

Pjanic chegou à Roma em 2011, para a temporada 2011/12, oriundo do Lyon. Os romanistas pagaram 11 milhões de euros na época pelo jogador. Na última temporada, o bósnio foi um dos grandes destaques giallorosso na Serie A, marcando dez gols e contribuindo com 12 assistências nas 33 partidas que disputou, sendo uma grande ameaça aos adversários nas bolas paradas, ocupando o posto de melhor cobrador de faltas no começo da temporada 2015/16.

Apesar disso, a Roma pode ter se visto obrigada a abrir mão do meia por conta de problemas com o Fair Play financeiro. A venda de Pjanic equilibraria as contas do clube e ainda ajudaria a assegurar a permanência de Radja Nainggolan, desejado pelo Chelsea. O belga agora só deixaria o clube em caso de propostas a partir de € 45 milhões.