Alvo do Chelsea, Nainggolan ressalta desejo de ficar na Roma: "Estou feliz e não quero sair"

Belga foi destaque da equipe giallorossi nas últimas temporadas, e seria uma das prioridades de Conte para o clube inglês

Alvo do Chelsea, Nainggolan ressalta desejo de ficar na Roma: "Estou feliz e não quero sair"
O meia segue se destacando, agora pela Bélgica nesta Eurocopa (Foto: Claudio Villa/ Getty Images)

Uma das principais peças do forte setor de meio campo da Bélgica nesta Eurocopa, Radja Nainggolan há um bom tempo têm chamado a atenção dos grandes clubes europeus. Atleta da Roma desde o início de 2014, o belga seria uma obsessão do técnico italiano Antonio Conte, que irá assumir o Chelsea logo após o término da participação da Itália na Euro. Contudo, se depender de Nainggolan, ele não vestirá as cores de outra equipe na próxima temporada.

"Minha concentração está toda na disputa desta Eurocopa com a minha seleção. Mas posso garantir que estou muito feliz onde estou. Não sou o tipo de jogador que costuma mudar sempre de equipe, veremos o que irá acontecer, porém meu foco está todo aqui", revelou Radja.

Na Itália há mais de dez anos, Nainggolan revelou que possui um carinho especial pelo país, e afirmou que esteve na torcida pela Azzurra na partida diante da Espanha pelas oitavas de finais da Euro. 

"Tenho três companheiros que estão na Seleção Italiana, e torço muito por eles. Estou na Itália há exatos 12 anos, me tornei homem neste país e definitivamente torço muito por todos eles. Não somente pelos meus amigos, mas porque passei grande parte da minha vida por lá", ressaltou.

Na última temporada, Radja Nainggolan foi fundamental na campanha da Roma que conquistou a terceira colocação da Serie A, garantindo vaga à próxima Uefa Champions League. Sendo um dos atletas que mais entrarem em campo pela giallorossi, o belga participou de 42 partidas e anotou seis tentos em 2015/16.

Com Nainggolan em campo, a Bélgica volta a campo pela Eurocopa na próxima sexta-feira (1º). Em confronto válido pelas quartas de finais, a equipe encara o País de Gales de Gareth Bale. Se avançar, a Bélgica terá a oportunidade de chegar a decisão da Euro pela segunda vez em sua história, já que em 1980 os belgas foram vice-campeões na decisão contra a Alemanha Ocidental.