Milan pode tirar camisa 10 de Honda em 2016/17, mas Montella o avalia: "Jogador fantástico"

De acordo com Corriere della Sera, diretoria já comunicou ao japonês que vai trocar seu número em caso de permanência no elenco

Milan pode tirar camisa 10 de Honda em 2016/17, mas Montella o avalia: "Jogador fantástico"
Com contrato até junho de 2017, Honda deve trocar de número na temporada 2016/17 (Foto: Marco Luzzani/Getty Images)

Os dias do japonês Keisuke Honda usando a camisa 10 do Milan estão contados. Pelo menos é o que garante o jornal italiano Corriere della Sera. Na publicação desta sexta-feira (8), o periódico afirma que a diretoria milanista já avisou ao meia que trocará o número de sua camisa em caso de permanência no elenco para a próxima temporada.

Criticado desde quando chegou ao Milan, em janeiro de 2014, vindo do CSKA, Honda vem sofrendo muitas críticas de torcida e imprensa. O jogador, de 30 anos, está com o futuro indefinido. Vincenzo Montella, treinador do Milan, exaltou o japonês durante sua apresentação como novo comandante do time na última quinta-feira (7). Porém, destacou que o atleta passará por um período de avaliação.

Honda é um jogador fantástico, com características bem definidas. Iremos avaliar o seu potencial em uma base diária e, então, eu vou tomar a minha decisão. Não há presa. Primeiro tenho que avaliar todo o elenco atual para não haver prejuízo. Feito isso, vamos apontar quem deve ficar para a próxima temporada. Nós vamos procurar jogadores que se encaixam com a maneira que meu time joga”, explicou Montella.

Em 83 jogos usando a camisa 10 do Milan, Honda marcou dez gols e forneceu 14 assistências. O meia, que não consegue repetir no clube as boas atuações pela seleção do Japão, herdou o mítico número logo quando chegou ao Milan. O último atleta que ostentou o número 10 nas costas foi o holandês Clarence Seedorf, que deixou os rossoneri em 2012 após dez anos de clube e hoje é técnico do Shenzhen FC, da China.

Bacca

Se Honda ainda vai ser avaliado por Montella, o mesmo não deve acontecer com o atacante Carlos Bacca, de 29 anos. A fim de contar com atacantes mais ágeis e velozes, o técnico não deve utilizar o colombiano ex-Sevilla, que está bem próximo de deixar a agremiação italiana. Segundo o Corriere della Sera, o West Ham subiu a oferta – que antes era de € 20 milhões – para € 30 milhões e deve fechar com o jogador em breve.

O jornal ainda diz que o Atlético de Madrid também está de olho em Bacca. O atacante do Milan passaria a ser uma alternativa caso os espanhóis não consigam repatriar o espanhol Diego Costa, do Chelsea, até segunda-feira (10) que vem.

Artilheiro do Milan na última temporada, com 20 gols, Bacca deve deixar Milão (Foto: Getty Images)
Artilheiro do Milan na última temporada, com 20 gols, Bacca deve deixar Milão (Foto: Getty Images)

Questionado sobre Bacca em entrevista coletiva, Montella desconversou acerca de uma possível saída do camisa 70 e o enalteceu. “Eu prefiro não falar sobre jogadores individuais. O que posso dizer é que estamos falando de um jogador a nível internacional, que marca um monte de gols. Ele é um jogador completo, que é muito interessante no mercado”, afirmou.