Galliani irá a Inglaterra apresentar proposta ao Chelsea por Cuadrado, afirma jornal inglês

Evening Standard relata que CEO italiano irá propor uma oferta de empréstimo pelo atleta; Musacchio se distancia de Milão

Galliani irá a Inglaterra apresentar proposta ao Chelsea por Cuadrado, afirma jornal inglês
Cuadrado pode vestir a camisa do Milan na próxima temporada (Foto: Matthew Ashton/AMA/Getty Images)

A janela de transferências tem sido pouco agitada para o Milan. Com o impasse em sua venda, que deverá ser concretizada em 2017, o clube, sem recursos, pouco ensaia em meio às transferências. Até o momento, chegaram o lateral-esquerdo Leonel Vangioni, 29, e o atacante Gianluca Lapadula, 26, além do retorno de alguns jogadores, como Suso, 22, que estava emprestado. Enquanto isso, a torcida aguarda, preocupada, a temporada 2016-17.

Apesar de o treinador do Chelsea, Antonio Conte, ter pedido a volta de Juan Cuadrado, 28, aos Blues, os rossoneri estariam interessados em contar com o meia, é o que afirma o Evening Standard. Ainda segundo o jornal, Adriano Galliani, CEO do clube, viajará à Inglaterra na próxima semana para apresentar uma proposta pelo jogador, que seria de € 10 milhões para um empréstimo inicial e, em um ano, um acréscimo de € 18 milhões. 

Cuadrado jogou a última edição da Serie A pela Juventus, onde foi campeão nacional. Também com a equipe de Turim, conquistou a Copa Itália, enfrentando justamente o Diavolo na final da competição. Na Itália, o colombiano também vestiu as camisas de Udinese, Lecce e Fiorentina, onde ganhou projeção mundial, o que o levou ao time londrino. 

O Milan tem, atualmente, Giacomo Bonaventura, 26, Suso, 22, M'Baye Niang, 21, e Keisuke Honda, 29, como meias que atuam pelas beiradas do campo.

Musacchio

Foto: Manuel Queimadelos Alonso/Getty Images
Foto: Manuel Queimadelos Alonso/Getty Images

A mais carente posição milanista, a defesa, está longe de receber reforços. O espanhol Mateo Musacchio, 25, principal nome cogitado a chegar ao clube, distancia-se cada vez mais, tendo em vista a impotência rossonera em contratá-lo. Em coletiva de imprensa, o presidente do Villarreal, Fernando Roig Alfonso, afirmou nesta terça-feira (2) que o negócio será resolvido nos próximos dias, 'de uma forma, ou de outra'.

A imprensa italiana afirmou, também nesta terça-feira, que o Submarino Amarelo recusou uma proposta de empréstimo, com opção de compra. Embora o clube italiano não tenha desistido oficialmente do jogador, a probabilidade em contratá-lo, tendo em vista a situação financeira, é pequena.