Porto e Roma iniciam trajetória visando fase de grupos da Uefa Champions League

Equipe dirigida por Nuno Espirito Santo não terá a presença do artilheiro Boubakar; já os romanos têm como meta voltar para a Itália com um bom resultado

Porto e Roma iniciam trajetória visando fase de grupos da Uefa Champions League
(Foto: Nur Photo/Getty Images)
Porto
Roma
Porto: Casillas; Layun, Felipe (Marcano), Reyes e Alex Telles; Rúben Neves, Herrera e Danilo Pereira; Varela, André Silva e Brahimi. Técnico: Nuno Espirito Santo
Roma: Sczeszny (Alisson); Florenzi, Manolas, Fazio e Juan Jesus; De Rossi (Paredes), Strootman e Nainggolan; Salah, Perotti (Dzeko) e El Sharaawy (Perotti). Técnico: Luciano Spaletti
ÁRBITRO: Bjorn Kuipers (HOL)
INCIDENCIAS: Confronto válido pelos playoffs da Uefa Champions League 2016/2017, a ser realizado no Estádio do Dragão, em Portugal, nesta quarta-feira (17)

Nessa quarta-feira (17), Porto e Roma iniciarão a disputa dos playoffs da Uefa Champions League que vale vaga na fase de grupos da maior competição de clubes do mundo. O primeiro duelo será em Portugal, no estádio do Dragão, e tem início marcado para às 15h45 (de Brasília).

Os portugueses estão nessa fase do torneio por terem terminado o último campeonato português na terceira colocação, atrás de Benfica e Sporting. Os italianos também acabaram se classificando na terceira posição pela Serie A, ficando abaixo na tabela de Juventus e Napoli.

As duas equipes e enfrentaram uma vez em competições oficiais. Na temporada 1981/82, o Porto eliminou a Roma da Taça das Taças depois de vencer o primeiro jogo em casa por 2 a 0 e empatar na capital italiana sem gols.

Espirito Santo quer 11 leões em campo

Desfalcado de seu maior artilheiro, Aboubakar que sequer foi inscrito para os playoffs, o novo treinador do Porto, Nuno Espirito Santo aposta num time que se entregue em campo em busca de um bom resultado e que o estádio seja um caldeirão. Para isso, o português aposta num time ofensivo e veloz para atacar a defesa ainda em formação dos italianos.

Brahimi que era dúvida por conta de algumas especulações de mercado, treinou normalmente e deve ir a campo como titular. Para o lugar do centroavante camaronês que pode deixar o Porto ainda nessa janela, é provável que atue André Silva, uma jovem promessa das categorias de base que o clube aposta muito.

No mais, o time será liderado no meio de campo pelo mexicano Herrera que teve proposta do Napoli, mas o presidente do Porto não liberou o atleta e além disso, reforços pontuais na defesa como Alex Telles, ex-Internazionale e Felipe, ex-Corinthians. No gol, o experiente Casillas, apesar de algumas falhas na temporada passada, segue como titular intocável.

Ao falar sobre as expectativas da partida, Nuno mostrou-se muito confiante na sua equipe, avisando que o Porto irá disputar cada minuto e cada espaço do campo como se fosse a última da vida. “Estamos confiantes, amanhã lutaremos por cada bola em cada metro do campo. Sabemos que será difícil, aliás, seria com qualquer adversário. A Roma tem uma grande tradição, mas nós queremos entrar na fase de grupos e vamos contar com o apoio incondicional de mais de 50 mil pessoas e isso pode ser uma vantagem”, salientou o treinador de 42 anos.

Roma mira passar pelo seu primeiro playoff

Depois do terceiro lugar na última Serie A, a Roma modificou mais uma vez seu elenco. Cedeu Pjanic para a Juventus, mas trouxe alguns reforços pontuais como: Vermaelen e Fazio para a zaga, já que Rudiger lesionou os ligamentos e só volta em 2017. Mario Rui também foi contratado para suprir a saída de Digne, mas o português também se lesionou seriamente.

Por isso, a equipe de Luciano Spaletti ainda está em formação e um bom resultado em Portugal seria de extrema importância para os italianos jogarem com mais calma a partida de volta em Roma. Existem algumas dúvidas para o treinador, inclusive no gol onde Sczeszny e Alisson brigam pela titularidade.

No meio de campo, o único certo da posição é o holandês Strootman que deve substituir o bósnio Pjanic que deixou o clube e Totti deve mais uma vez começar a partida no banco de reservas, sendo preterido pelo trio Perotti, El Shaarawy e Salah.

Spaletti na tradicional coletiva pré-jogo, explica a importância dessa partida para a Roma, para os jogadores por tudo que representa a Champions League. “Amanhá será uma partida importante para nós, para o clube, para os jogadores e para a carreira deles. Saíram e chegaram muito jogadores, mas agora somos um grupo muito forte e muito profissional e estamos prontos para esse duelo”, analisou o italiano de 57 anos.