Sete temporadas, seis eliminações: pré-Champions ajuda a mostrar má fase do futebol italiano

Apenas o Milan, na temporada 2013/14, conseguiu avançar à etapa de grupos da competição continental

Sete temporadas, seis eliminações: pré-Champions ajuda a mostrar má fase do futebol italiano
Roma deu adeus à Champions 2016/17 após derrota em casa para o Porto (Foto: Silva Lore/NurPhoto/Getty Images)

Distante dos tempos vindouros, o futebol italiano amarga seguidas eliminações nos playoffs da Uefa Champions League, a última etapa antes do sorteio da fase de grupos. Nos últimos seis anos, foram seis eliminações. Somente o Milan, na temporada 2013/14, contra o PSV (4 a 1 para os rossoneri no agregado), destoou de Sampdoria, Udinese (duas vezes), Napoli, Lazio e, mais recentemente, Roma.

Playoffs da Uefa Champions League 2010/11

A Sampdoria foi quem deu início à série de elisão italiana. Em 2010/11, a Samp perdeu para o Werder Bremen na ida, por 3 a 1, no Weserstadion, e mesmo vencendo a partida de volta (3 a 2), no Luigi Ferraris, acabou sendo eliminada.

Foto: Massimo Cebrelli/Getty Images
Jogadores da Samp estirados no gramado do Luigi Ferraris após a eliminação (Foto: Massimo Cebrelli/Getty Images)

18/08/2010 - Jogo de ida (Weserstadion/Bremen): Werder Bremen 3-1 Sampdoria. Gols: Clemens Fritz, Torsten Frings, Claudio Pizarro; Giampaolo Pazzini.

24/08/2010: Jogo de volta (Luigi Ferraris/Gênova): Sampdoria 3-2 (prorrogação) Werder Bremen. Giampaolo Pazzini (2x), Antonio Cassano; Markus Rosenberg, Claudio Pizarro.

Playoffs da Uefa Champions League 2011/12

Já na temporada seguinte, a Udinese é quem acabou dando adeus à oportunidade de disputar a fase de grupos da UCL. Caiu para o Arsenal, que venceu as duas partidas (no Emirates Stadium, 1 a 0; no Friuli, 2 a 0 para os gunners) sob boas atuações do atacante Theo Walcott – marcou em ambos os jogos.

16/08/2011 – Jogo de ida (Emirates Stadium/Londres): Arsenal 1-0 Udinese. Gol: Theo Walcott.

24/08/2011 – Jogo de volta (Estádio Friuli/Údine): Udinese 1-2 Arsenal. Gols: Antonio Di Natale; Robin van Persie, Theo Walcott.

Jamie McDonald/Getty Images
Walcott celebra o gol que marcou contra a Udinese, em Údine (Foto: Jamie McDonald/Getty Images)

Playoffs da Uefa Champions League 2012/13

A Udinese seguiu surpreendendo na Itália e terminou a Serie A 2011/12 novamente na terceira colocação. Assim, os bianconeri tiveram, na temporada seguinte, mais uma oportunidade de consolidar a boa fase se classificando para a “verdadeira” Champions. No entanto, uma cavadinha do meia Maicosuel, hoje no Atlético-MG, contra o Braga, depois de dois jogos com placares em 1 a 1, no quinto e último pênalti decisivo das cobranças obrigatórias, pôs fim às esperanças do time de Údine.

22/08/2012 – Jogo de ida (Estádio Municipal de Braga/Braga). Braga 1-1 Udinese. Gols: Ismaily; Dusan Basta.

28/08/2012 – Jogo de volta (Estádio Friuli/Údine): Udinese 1-1 Braga. Gols: Pablo Armero; Rúben Micael. Maicosuel perdeu o último pênalti e o Braga ganhou de 5 a 4 nas penalidades.

Foto: Dino Panato/Getty Images
Maicosuel tenta cavadinha e para nas mãos do goleiro; Udinese acabou eliminada (Foto: Dino Panato/Getty Images)

Playoffs da Uefa Champions League 2013/14

Responsável por acabar com a sequência negativa de derrotas de italianos na pré-Champions, o Milan, sete vezes campeão da maior competição de clubes do planeta, não deu chances ao PSV em agosto de 2013 (empate na Holanda, 1 a 1, e vitória na Itália, 3 a 0) e se garantiu na etapa de grupos da UCL. Posteriormente, caiu nas oitavas de final perante ao Atlético de Madrid.

20/08/2013 – Jogo de ida (Philips Stadion/Eindhoven): PSV 1-1 Milan. Gols: Tim Matavz; Stephan El Shaarawy.

28/08/2013 – Jogo de volta (San Siro/Milão): Milan 3-0 PSV. Gols: Kevin-Prince Boateng (2x), Mario Balotelli. Milan classificado.

Foto: Marco Luzzani/Getty Images
Destaque do segundo jogo, Boateng celebra efusivamente um de seus gols (Foto: Marco Luzzani/Getty Images)

Playoffs da Uefa Champions League 2014/15

Nos playoffs da Champions League 2014/15, o Napoli de Rafa Benítez era tido como favorito para despachar o Athletic Bilbao. Contudo, sucumbiu diante de uma grande atuação dos bascos no jogo de volta, no San Mamés, e deu adeus à chance de retornar à Champions.

19/08/2014 – Jogo de ida (San Paolo/Nápoles). Napoli 1-1 Athletic Bilbao. Gols: Gonzalo Higuaín; Iker Muniain.

27/08/2014 – Jogo de volta (Estádio de San Mamés/Bilbao). Athletic Bilbao 3-1 Napoli. Gols: Aritz Aduriz (2x), Ibai Gómez; Marek Hamsík.

Foto: Rafa Rivas/AFP/Getty Images
Aduriz guardou dois contra Napoli, no San Mamés (Foto: Rafa Rivas/AFP/Getty Images)

Playoffs da Uefa Champions League 2015/16

Lazio e Bayer Leverkusen era um dos jogos mais esperados dos playoffs da Champions League 2015/16. Ambos fizeram boas campanhas em seus respectivos campeonatos nacionais na temporada anterior e era difícil apontar um favorito. A partida de ida, realizada na Itália, terminou 1 a 0 para os biancocelesti, gol de Keita Baldé, deixando os torcedores italianos animados. Porém, na volta, em Leverkusen, a equipe alemã enfiou três na Lazio e enviou o tradicional time da capital para a Europa League.

18/08/2015 – Jogo de ida (Estádio Olímpico de Roma). Lazio 1-0 Bayer Leverkusen. Gol: Keita Baldé.

26/08/2015 – Jogo de votla (BayArena/Leverkusen). Bayer Leverkusen 3-0 Lazio. Gols: Hakan Çalhanoglu, Admir Mehmedi, Karim Bellarabi.

Foto: VI-Images/Getty Images
Çalhanoglu cobra falta no segundo jogo contra a Lazio, na BayArena (Foto: VI-Images/Getty Images)

Playoffs da Uefa Champions League 2016/17

A mais recente eliminação de uma equipe italiana na pré-Champions ocorreu na última terça-feira (23). A Roma de Luciano Spalletti sofreu com expulsões – Thomas Vermaelen na ida; Daniele De Rossi e Emerson Palmieri na volta –, perdeu do Porto e está fora da Champions 2016/17. Após 1 a 1 em Portugal, os Dragões foram à capital da Itália, exploraram a inferioridade numérica dos giallorossi e venceram por 3 a 0. Com isso, apenas Juventus e Napoli disputarão a fase de grupos da UCL desta temporada.

17/08/2016 – Jogo de ida (Estádio do Dragão/Porto). Porto 1-1 Roma. Gols: André Silva; Felipe (GC).

23/08/2016 – Jogo de volta (Estádio Olímpico de Roma). Roma 0-3 Porto. Gols: Felipe, Miguel Layún, Jesús Corona.

Foto: Giuseppe Bellini
Brasileiro Felipe comemora o gol que marcou no Olímpico de Roma (Foto: Giuseppe Bellini/Getty Images)