Buscando a primeira vitória, Cagliari recebe Roma pela Serie A

Equipe rossoblu perdeu para o Genoa na estreia e precisa se recuperar diante da Roma, que venceu na primeira rodada

Buscando a primeira vitória, Cagliari recebe Roma pela Serie A
Foto: Luciano Rossi/Getty Images
Cagliari
Roma
Cagliari: Storari, Bruno Alves, Ceppitelli, Capuano, Isla; Di Gennaro, Padoin, Ionita, Munari; Borriello, Sau. Técnico: Massimo Rastelli.
Roma: Szczesny; Bruno Peres, Manolas, Vermaelen, Emerson Palmieri; Leandro Paredes, Strootman, Nainggolan; Salah, Dzeko, El Shaarawy. Técnico: Luciano Spalletti.
ÁRBITRO: Paolo Silvio Mazzoleni. Auxiliares: Sergio Posado e Federico Longo.
INCIDENCIAS: Partida válida pela segunda rodada do Campeonato Italiano 2016, a ser realizada no estádio Sant'Ella, em Cagliari/ITA.

Neste domingo (27), a partir de 15h45, horário de Brasília, a bola rola na cidade de Cagliari/ITA pela segunda rodada da Serie A, para a partida entre Cagliari e Roma, no estádio Sant'Ella. O início das equipes na competição foi bem diferente. Enquanto o time rossoblu perdeu por 3 a 1 para o Genoa, em partida onde vencia até os 35 minutos do segundo tempo, os giallorossi passaram por cima da Udinese, goleando por 4 a 0.

Remanescente da Serie B, a derrota fez com que o Cagliari aparecesse na zona de rebaixamento ao fim da primeira rodada, sendo o 18º colocado. Campeão da segunda divisão na temporada passada, o time rossoblu tem como objetivo principal nesta temporada permanecer na Serie A para, quem sabe em um futuro não tão distante, aumentar o tamanho de seus sonhos.

A Roma, devido ao saldo de gols proveniente de um placar elástico, encerrou a primeira rodada na liderança. Se na Serie A o começo foi bom, a semana foi catastrófica para as pretensões do restante da temporada. A derrota por 3 a 0 diante do Porto, de Portugal, pelos playoffs da Uefa Champions League, acabou com o sonho giallorossi de chegar a mais uma fase de grupos, sobrando, apenas, a vaga para a Uefa Europa League,

Ofensividade é a chave do Cagliari na busca pela primeira vitória

A preparação rossoblu não poderia ter outro foco. Após ser praticamente inoperante no ataque na derrota para o Genoa, marcando apenas um gol em meio a tantas chances, que viriam a custar caro no fim do jogo, o técnico Massimo Rastelli priorizou a parte ofensiva nas últimas atividades antes da partida deste domingo. Em campo reduzido, a finalização para o gol foi treinada fortemente.

Rastelli, apesar do placar negativo, espera que o Cagliari tenha a mesma atitude contra a Roma. "Jogamos uma grande partida. O resultado não foi favorável devido aos méritos do Genoa e por alguns incidentes infelizes, como a (bola na) trave do Giannetti. O copo está meio cheio para mim: estávamos vencendo faltando dez minutos para o final e vi o espírito certo: luta e sacrifício por cada bola. Os meninos deram sua alma, começamos com isso e vamos trabalhar nas coisas positivas, que têm sido tantas", disse.

O treinador selecionou 20 atletas para a partida. São eles:

Goleiros: Colombo, Rafael e Storari

Defensores: Bruno Alves, Capuano, Ceppitelli, Isla, Krajnc, Murru, Pisacane, Salamon

Meio-campistas: Barella, Deiola, Di Gennaro, Ionita, Munari, Padoin

Atacantes: Borriello, Giannetti, Sau

Após o desastre na UCL, confronto contra Genoa é fonte de reabilitação para a Roma

Ainda dói. Na quarta-feira (24), a derrota por 3 a 0 para o Porto-POR, em pleno estádio Olímpico, enterrou o sonho romanista de disputar a fase de grupos da Champions pela terceira temporada consecutiva. Agora que a UCL se tornou passado, as atenções se voltam para o campeonato italiano. A preparação foi encerrada em um trabalho regenerativo, visando a parte física.

O comandante giallorossi foi taxativo em relação ao que fazer com o revés sofrido. ""Precisamos lembrar o jogo contra o Porto. Vamos aproveitar o que pudermos dele, mas também temos de seguir em frente e concentrar em novos objetivos", declarou. Spalletti também espera que o apoio do torcedor não esmoreça. "Queremos olhar para frente e continuar trabalhando duro. Eles (os jogadores) não se esqueceram todo o trabalho e esforço. Eles merecem outra chance", enfatizou.

Foram 23 jogadores relacionados para o confronto contra o Cagliari. São eles: Szczesny, Nainggolan, Leandro Paredes, Strootman, Iturbe, Perotti, Dzeko, Salah, Bruno Peres, Vermaelen, De Rossi, Seck, Lobont, Alisson, Federico Fazio, Florenzi, Ricci, Gersom, Emerson Palmieri, Manolas, El Shaarawy, Marchizza, Sadiq Umar.


Share on Facebook