Ídolo no Milan, Filippo Inzaghi destaca soberania da Juventus na Itália: "Não há competidores"

Atual comandante do Venezia na Lega Pro, ex-atacante ainda falou sobre a situação de seu irmão, que comanda atualmente a Lazio

Ídolo no Milan, Filippo Inzaghi destaca soberania da Juventus na Itália: "Não há competidores"
(Foto: Valerio Pennicino/Getty Images)

A temporada no futebol italiano teve seu reinício há poucas semanas, mas, se depender da opinião de um dos atacantes mais simbólicos do país tetracampeão mundial, uma das equipes já sai bem na frente quando se trata de favoritismo. Bicampeão da Uefa Champions League com o Milan, Filippo Inzaghi garantiu que a vantagem da Juventus em relação aos seus adversários não é pequena.

"Sigo sempre que posso todas as equipes da Itália. Acho que nesta temporadas não há nenhuma equipe que possa levar perigo à Juventus, eles estão em um nível diferente em comparação aos outros. Possuem três defensores fantásticos, sem contar que tem o Buffon na meta, é praticamente impossível furar aquela defesa. E na frente eles contam agora com o Higuaín, que é um artilheiro de peso. Talvez a segunda colocação seja bem disputada, mas para mim o Scudetto já tem dono", declarou 'Pippo' à Gazzeta dello Sport.

Após se aposentar no fim da temporada 2011/12, Inzaghi automaticamente tomou conta do comando das equipes de base do Milan, passando pelo sub-17 e pelo sub-20. No início da temporada 2014/15, foi a vez de o atacante assumir a equipe principal, ao substituir outro grande atleta, Clarence Seedorf. Filippo ficou no cargo por um ano apenas.

"Faço o possível para acompanhar a Serie A, como havia dito. Em Milão foi uma história intensa, já que tudo que faço por lá é feito com muito amor. Desejo à Montella tudo de bom nessa nova fase do clube rossoneri", completou.

Seguindo uma trajetória muito semelhante à sua, está Simone Inzaghi, irmão de Pippo. Simone viveu a melhor fase de sua carreira como atleta na Lazio, e também assumiu as equipes de base do clube ao encerrar a sua carreira. Atualmente ele comanda a equipe principal.

"A Lazio é treinada pelo meu irmão, que eu considero um grande treinador. Infelizmente eles perderam uma peça de extrema importância como Candreva, e não podem contar com Keita no momento. Contudo, venceram a primeira partida e bateram de frente com a Juve logo sem seguida, mostrando um grande futebol mesmo saindo com a derrota", completou.

Mesmo acompanhando de perto as principais equipes da Itália, Inzaghi garantiu que seu foco será apenas um nesta temporada: conseguir o acesso com o Venezia, que disputa atualmente a Lega Pro, equivalente à Série C do futebol italiano: "Se enganam aqueles que pensam que este é um torneio fácil, será muito díficil conquistar este acesso tão esperado por nossa torcida, mas faremos o nosso melhor".