Napoli e Chievo se enfrentam em situações opostas e objetivos iguais na Serie A

Napolitanos pretendem poupar titulares, enquanto os mussi volanti de Verona vão praticamente com força máxima para o duelo

Napoli e Chievo se enfrentam em situações opostas e objetivos iguais na Serie A
Foto: Getty Images
Napoli
Chievo Verona
Napoli: Reina; Maggio, Albiol, Koulibaly, Ghoulam; Allan, Jorginho, Hamsík; Callejón, Milik, Insigne.
Chievo Verona: Sorrentino; Cacciatore, Dainelli, Cesar, Frey; Rigoni, Radovanovic, Castro; Birsa; Inglese, Floro Flores.
ÁRBITRO: Marco Di Bello (ITA)
INCIDENCIAS: Partida válida pela 6ª rodada da Serie A, no estádio San Paolo, em Nápoles.

Neste sábado (24), pela sexta rodada da Serie A, às 15h45, Napoli e Chievo se enfrentam em situações opostas, mas o objetivo igual: galgar posições rumo ao topo da tabela do campeonato, já que o Napoli é o segundo colocado, com 11 pontos ganhos, enquanto o Chievo é o quarto colocado, com dez pontos. Para isso, usarão métodos distintos: os napolitanos podem poupar alguns de seus titulares, enquanto o time de Verona pode ir ao jogo com força máxima.

Na última rodada, o Napoli empatou fora de casa por 0 a 0 diante do Genoa, enquanto o Chievo jogou e venceu em casa o Sassuolo por 2 a 1. No confronto direto, Napoli e Chievo se enfrentaram 16 vezes na história da Serie A, com nove vitórias para os napolitanos, seis vitórias para os veroneses e apenas um empate no histórico dos confrontos no campeonato.

Napoli pretende poupar titulares na partida deste sábado

Depois do empate sem gols diante do Genoa, os napolitanos buscam a recuperação no campeonato, mas já pensam no duelo de meio de semana na Uefa Champions League diante do Benfica na quarta-feira (28). Diante disso, o técnico Maurizio Sarri tem apenas o desfalque de Chiriches e El Kaddouri, lesionados. Mas por outro lado, tem decisões a fazer, como poder fazer estrear finalmente alguns de seus novos reforços para a temporada.

Com a possibilidade de time misto, há algumas dúvidas: quem será o atacante principal, Milik ou Gabbiadini? Há também uma possibilidade de poupar Callejón para finalmente estrear Giaccherini na ponta-direita. Outra possível estreia seria a de Diawara no lugar de Jorginho. Há uma enorme expectativa para a estreia dos outros cinco reforços napolitanos para a temporada, já que das sete contratações, apenas os poloneses Zielinski e Milik entraram em campo. 

O técnico Maurizio Sarri, em meio as polêmicas de arbitragem após o empate diante do Genoa, não concedeu entrevista coletiva para a partida, e permanece o mistério sobre quem começará como titular. Apenas há a certeza de que o esquema tático não mudará, e a maneira de jogar, também não.

Chievo vai praticamente completo para continuar o campeonato embalado

Já o time visitante, assim como os napolitanos, vão em busca da vitória para continuar embalando no campeonato, e assim entrar na zona de Uefa Champions League, ou possivelmente, terminar a rodada na liderança. Para isso, vão com força máxima ao sul da Itália, sem nenhum desfalque. Mas apesar de não ter nenhum desfalque, o técnico gialloblù Rolando Maran tem ideia de possíveis mudanças no time titular.

O treinador tem dúvidas sobre seu time titular, e só há praticamente a certeza de um jogador da linha de defesa que venceu o Sassuolo no meio da semana no time titular: o lateral Cacciatore. Assim como Sarri, Maran também tem alguns pontos em dúvida, ainda maiores, no time titular: entre elas, a dúvida no ataque entre Floro Flores e Meggiorini, com a vantagem para o ex-jogador e cidadão napolitano Floro Flores. A presença de Dainelli na linha de defesa em detrimento a Gamberini, outro ex-napolitano.

E por fim, a dúvida no meio-campo entre Rigoni e Hetemaj. E também assim como seu colega napolitano, o técnico Rolando Maran não concedeu entrevista coletiva para a partida.