Bonucci critica atuação da equipe após vitória contra Palermo: "Não foi a Juventus de verdade"

Defensor italiano mostrou descontentamento com desempenho dos bianconeri neste sábado

Bonucci critica atuação da equipe após vitória contra Palermo: "Não foi a Juventus de verdade"
Bonucci não gostou da atuação da Juve (Foto: Divulgação/Juventus)

A Juventus garantiu sua permanência na liderança da Serie A por pelo menos mais uma rodada ao vencer o Palermo neste sábado (24), pelo placar mínimo de 1 a 0, com gol contra de Goldaniga. A partida foi marcada pelo equilíbrio e a atual tetracampeã do campeonato não teve vida fácil para conquistar nova vitória. Logo após o fim da partida, o zagueiro Leonardo Bonucci não escondeu sua insatisfação com a atuação da equipe, principalmente após uma excelente atuação nos 4 a 0 sobre o Cagliari, na última quarta-feira (21).

Segundo o defensor, a atuação contra o Palermo demonstra que o elenco bianconero ainda precisa melhorar. "Esse resultado nos ensina que precisamos melhorar jogo a jogo, já que pressionar e ir bem apenas numa partida contra o Cagliari não é o suficiente", afirmou Bonucci, antes de reconhecer a boa atuação de seus adversários.

"Eu também faço elogios ao Palermo e ao Roberto de Zerbi, técnico do time, porque eles fizeram um bom jogo e se defenderam muito bem também", ressaltou. Apesar dos elogios, a equipe rosanera segue na 16ª colocação da Serie A, correndo risco de entrar na zona de rebaixamento ao fim da rodada.

Bonucci também foi categórico ao comentar sobre a importância da crítica à atuação, mesmo com a vitória. "Claro que vamos levar os pontos conosco, assim como os dois jogos seguidos sem ter a defesa vazada, mas não podemos pensar que essa foi a Juventus real", declarou o zagueiro.

Bonucci ainda falou a respeito de algumas mudanças feitas pelo técnico Massimiliano Allegri, que incluíram a presença de Higuaín e Mandzukic, dois centroavantes, como titulares. "Quando erramos tantos passes como hoje, não importa quem está em campo. Somos jogadores da Juve e não podemos errar assim. Agora temos outro jogo para vencer em Zagreb", reiterou o italiano.