Napoli vence Chievo com gols no primeiro tempo e segue na caça à liderança

Com gols marcados por Manolo Gabbiadini e Marek Hamsík, a equipe vence e segue na vice liderança da Serie A

Napoli vence Chievo com gols no primeiro tempo e segue na caça à liderança
Napoli segue invicto no campeonato, agora com 14 pontos somados (Foto: divulgação/Napoli)
Napoli
2 0
Chievo
Napoli: Reina; Maggio, Albiol, Koulibaly, Ghoulam; Zielinski, Jorginho (Allan, MIN.68), Hamsik; Callejon, Gabbiandini (Milik, MIN.63) e Insigne (Mertens, MIN.81)
Chievo: Sorrentino; Cacciatore (Izco, MIN.63), Dainelli, Cesar, Gobbi; Castro, Radovanovic, Hetemaj; Birsa (De Guzman, MIN.63); Meggiorini (Floro Flores, MIN.58), Inglese.
Placar: 1-0, min.23 Manolo Gabbiadini. 0-2, min.39 Marek Hamsík
ÁRBITRO: Árbitro: Marco Di Bello. Cartões amarelos: Koulibaly (MIN.13), Albiol (MIN. 41), Cesar (MIN. 42), Danielli (MIN. 53), Castro (MIN.75),
INCIDENCIAS: Partida válida pela 6° rodada da Serie A 2016/17

Na tarde deste sábado (24) o Napoli venceu a equipe do Chievo pelo placar de 2 a 0, em partida válida pela 6° rodada da Serie A 2016/17. Com o resultado, os azzurri mantiveram a segunda colocação do torneio, com 14 pontos, um a menos que a líder Juventus. Manolo Gabbiadini e Marek Hamsík marcaram os gols. Ambas as equipes entraram no gramado do estádio San Paolo com o objetivo de se manter no topo da tabela.

O Napoli, que já liderou a competição, não podia deixar a Juventus escapar. Já o Chievo que vinha surpreendendo no certame não queria perder posições. As equipes voltam a campo pela Serie A no final de semana que vem, pela 7° rodada da competição. No sábado (1), o Chievo viaja para enfrentar o Pescara. Já a equipe partenopei vai até o Estádio Atleti Azzurri d'italia, no dia domingo (2) para encarar o Atalanta.

Napoli mata o jogo no primeiro tempo

Pressionado pela vitória da Juventus, ao Napoli só interessava a vitória, e assim, a pressão sobre o Chievo foi exercida desde o primeiro minuto. Manolo Gabbiadini arriscou de longe e mandou pra fora antes mesmo do segundo minuto da partida. Aos 11 minutos, Zielinskki serviu Hamsík, que bateu rasteiro para Sorrentino defender. A pressão dos azzurri continuou, e aos 23 minutos Callejón deu um belo passe para Gabbiadini, que chutou uma bola indefensável para o goleiro adversário e abriu o placar no San Paolo.

O gol não fez com que os donos da casa diminuíssem o ímpeto, e aos 39 minutos Hamsík recebeu a bola de Insigne, e sem marcação chutou forte no ângulo de Sorrentino para ampliar o placar para o Napoli. Foi o centésimo gol do Eslovaco pela equipe Napolitana. Assim, o primeiro tempo terminou com uma bela vantagem para os azzurri.

Napoli administra placar na segunda etapa e garante vitória

No segundo tempo de partida, a equipe de Sarri entrou em campo a fim de manter o placar construído nos primeiros 45 minutos de jogo. O jogo esfriou bastante, e o Chievo não conseguia ameaçar o rival. O treinador Maurizio Sarri aproveitou para promover alguns de seus titulares que foram poupados no jogo, como Milik, Mertens e Allan. Mesmo com a entrada dos homens de confiança do treinador, o Napoli manteve uma atitude conservadora.

A única chance dos Gialloblu na segunda etapa foi com Floro Flores, que esteve cara a cara com Reina, mas caiu dentro da área desperdiçando a oportunidade de diminuir o placar. Até o final do jogo, mais nenhuma oportunidade foi criada de ambos os lados, e o placar do primeiro tempo foi mantido.