Apática, Internazionale perde para Sparta Praga e se complica na Europa League

De Boer poupa alguns jogadores e vê sua equipe fracassar mais uma vez em solo europeu

Apática, Internazionale perde para Sparta Praga e se complica na Europa League
Foto: Divulgação/Internazionale
Sparta Praga
3 1
Internazionale
Sparta Praga: Koubek; Karavayev, Mazuch, Holek e Kadlec; Cermak (Lafata), Frydek (Julis), Sacek e Holzer; Dockal e Kadlec (Pulkrab). Técnico: David Holoubek
Internazionale: Handanovic; D'Ambrosio, Ranocchia, Murillo e Miangue; Felipe Melo, Gnoukouri e Banega; Candreva, Palacio e Éder. Técnico: Frank de Boer
INCIDENCIAS: Partida válida pela segunda rodada da fase de grupos da Uefa Europa League, realizada no estádio Gererali Arena, em Praga, na República Tcheca.

Nesta quinta-feira (29), Sparta Praga e Internazionale se enfrentaram no estádio Gererali Arena, em Praga, pela segunda rodada da Europa League, no Grupo K, e os donos da casa venceram por 3 a 1. Os gols foram marcados por Vaclav Kadlec (2), Mario Holek, e Rodrigo Palacio fez o de honra dos nerazzurri.

Com o resultado, os tchecos assumiram a terceira posição da chave, com três pontos ganhos em duas partidas. Já os italianos começam a se complicar e estão ocupando agora somente a última posição, sem pontos ainda.

As duas equipes voltam a jogar pela competição no dia 20 de outubro. A Internazionale receberá o Southampton, no San Siro, e o Sparta Praga vai visitar o Hapoel Be’Er Sheva, em Israel.

Inter joga mal e Sparta Praga marca duas vezes

Como as duas equipes começaram o torneio sendo derrotadas, esperava-se que a partida fosse aberta e com muitas chances de gol, mas somente o time de casa seguiu essa cartilha. O Sparta Praga com um esquema clássico de 4-4-1-1 e a Inter de De Boer com um 4-3-3 que poderia mudar para o 4-2-3-1, em teoria. 

Logo aos quatro minutos, Kadlec se aproveitou de erro de Banega no meio de campo e arriscou o chute, mas Handanovic defendeu. Mas aos sete minutos não teve jeito, Cernak interceptou um lance de Ranocchia e tocou para Dockal que viu Kadlec entrado e só rolou, o centroavante venceu disputa com Felipe Melo e chutou para o fundo do gol.

A partir desse gol, o panorama da partida ficou muito bem desenhado: o Sparta Praga se defendia bem e partia muito rápido para o contra-ataque e a Internazionale tocava a bola de um lado para o outro, mas completamente sem objetividade.

E aos vinte cinco minutos saiu o segundo gol, a defesa da Inter vacilou, Frydek aproveitou-se disso e cobrou falta rapidamente tocando para Kadlec que sozinho, entrou na área e fuzilou o goleiro. A Inter tentou reagir em seguida, mas Murillo cabeceou bom cruzamento de Banega pra fora.

No fim da primeira etapa, ainda deu tempo para mais uma boa chance do Sparta, novamente com Kadlec que iria finalizar, mas Murillo fez corte providencial e assim, o primeiro tempo terminou.

Inter reage, mas Sparta Praga garante triunfo

A segunda etapa começou com o mesmo panorama, mas com os donos da casa com maior ímpeto ofensivo em busca de um gol que liquidaria o jogo.

Aos dois minutos, Holzer passou por Ranocchia e cruzou para Karavayev que dominou e chutou na rede, mas pelo lado de lado. Cinco minutos depois, Kadlec é lançando e sai na frente de Handanovic, mas manda por cima do gol.

O time italiano só conseguiu chegar com algum perigo aos quinze minutos com Palacio que recebeu passe de Banega e finalizou, mas Palacio finalizou pra fora. Alguns minutos depois, o atacante argentino recebeu teve nova chance após lance longo de Murillo, dominou e bateu forte rasteiro, mas Koubek defendeu bem com as pernas.

E quando a partida parecia estar ficando morna, a defesa do Sparta Praga bateu cabeça na saída de bola, Eder tabelou com Palacio e deixou o argentino na cara do gol que com muita traquilidade, recolocou a Inter na partida. Mas a esperança italiana durou cinco minutos, porque Ranocchia cometeu falta próxima da área, recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso do jogo.

Na cobrança da falta, Dockal lançou na área, Mazuch escorou para o meio da área e Holek empurrou de cabeça para o fundo do gol. Depois desse gol, a Internazionale teve uma chance com Eder que recebeu ótimo passe de Icardi, mas o atacante italiano mandou pra fora.