Sob o comando de Totti, Roma goleia o Astra Giurgiu pela Europa League

Apenas dois dias de completar 40 anos, o meia italiano brilhou no meio campo e participou ativamente da goleada por 4 a 0 sobre os  romenos

Sob o comando de Totti, Roma goleia o Astra Giurgiu pela Europa League
Sob o comando de Totti, Roma goleia o Astra Giurgiu na Europa League
Roma
4 0
Astra Giurgiu
Roma: Alisson; Bruno Peres (Alessandro Florenzi); Federico Fazio; Juan Jesus, Kostas Manolas; Kevin Strootman (Gerson); Leandro Paredes; Diego Perotti; Totti; Juan Iturbe e Mohamed Salah (Radja Nainggolan).
Astra Giurgiu: Silviu Lung; Fabrício; Cristian Sapunaru; Geraldo Alves; Vlatko Lazic (Daniel Niculae); Filipe Teixeira; Boubacar Mansaly (Florin Lovin); Takayuki Seto; Viorel Nicoara (Constantin Budescu); Denis Alibec e Júnior Moraes.
Placar: 1-0, min. 14, Strootman. 2-0, min. 45, Fazio. 3-0, min. 47, Fabrício (contra). 4-0, min. 54, Salah.
ÁRBITRO: Aliyar Aghayev (Azerbaijão). CARTÕES AMARELOS: Totti (MIN. 30), Geraldo (MIN. 41), Júnior Morais (min. 90).
INCIDENCIAS: PARTIDA VÁLIDA PELA SEGUNDA RODADA DA FASE DE GRUPOS DA EUROPA LEAGUE, REALIZADA NO estádio Olímpico de Roma, Itália.

A Roma teve vida fácil na Europa League nessa quinta-feira (29). O time italiano goleou com facilidade o Astra Giurgiu, da Romênia, por 4 a 0, com grande atuação do quarentão Totti, que comandou o meio campo da equipe italiana dando duas assistências, para os gols de Strootman e Salah.

Com a vitória, a Roma ficou na liderança do Grupo E com quatro pontos, já que na primeira rodada havia empatado fora com o  Viktoria Plzen por 1 a 1. Em segundo vem o Áustria Viena com também quatro pontos, porém com saldo inferior. Em terceiro aparece o Viktoria Plzen, com apenas dois pontos e na lanterna o Astra Giurgiu sem nenhum ponto conquistado.

Na coletiva de ontem (28), o técnico italiano Luciano Spalletti apesar de assumir o favoritismo de sua equipe perante o adversário, pregou máximo respeito a equipe romena, citando os feitos conquistados em seu país no ano interior, e rasgando elogios ao atacante  Alibec, que disse ser verticamente perigoso em campo.

''É uma equipe que venceu o campeonato nacional ano passado, que vem com estusiasmo para o jogo. Alibec é um atacante interessante, que não foi para o Steua e acabou permanecendo na equipe'', comentou o treinador italiano.

Passeio romanista sob a osquetra de Francesco Totti

Contando com um bom público no estádio Olímpico de Roma, a equipe italiana iniciou a partida levando um susto logo de cara. O atacante Nicoara recebeu na frente, driblou o goleiro Alisson, mas sem ângulo acabou chutando para fora.

Recuperada do susto, a equipe italiana cresceu na partida, e logo em seguida abriu o placar. Aos 14 minutos, o maestro Totti cobra falta na medida para Strootman subir e cabecear sem chances para o goleiro Silviu Lung, 1 a 0.

Roma tinha a bola no primeiro tempo, e com uma posse de 65% comandava as ações, mas sem ameaçar a meta da equipe romena. Aos 29 minutos, Totti recebeu cartão amarelo por carrinho duro por trás do adversário. Aos 33 Salah recebe belo passe na área e chutou rasteiro, para boa defesa de Lung.

Com apenas um minuto de acréscimo na primeira etapa, a equipe da casa ampliou o placar no último lance. Aos 46 minutos, Totti cobra a falta por cima da barreira, o goleiro desvia, a bola bate no travessão e Fazio completa no rebote para aumentar o marcador na Itália, 2 a 0.

Segundo tempo começa igual como terminou o primeiro

A segunda etapa começou com mais um gol da Roma. Bola na área do Astra Giurgiu, e Fabrício, ex-Flamengo, tenta fazer o corte na pequena área mas acaba mandando contra o próprio patrimônio, aumentando a vantagem romanista no placar para 3 a 0.

Aos 5 minutos é a vez de Iturbe arriscar de fora e assustar o goleiro Lung. Com 67% de posse de bola contra apenas 33% dos adversário, a equipe italiana seguiu em cima e conseguiu ampliar. Aos 9 minutos, Totti da lindo passe para Salah, que na frente do gol apenas toca na saída de Lung para fazer o quarto da Roma no jogo.

Mesmo com larga vantagem no placar e com o jogo decidido, a equipe italiana seguiu em cima e se mandou para o ataque. Alisson, goleiro da Roma, praticamente não foi exigido na segunda etapa. Aos 25 minutos saiu Strootman para a entrada do brasileiro Gerson, ex-Fluminense.

Apenas aos 36 minutos que Alisson fez a sua primeira defesa na partida. Alibec foi lançado na frente, e chutou cruzado rasteiro, mas o brasileiro atento fez a defesa. Roma seguiu cadenciando a partida no fim, e apesar da correria de Iturbe, o jogo encerrou 4 a 0.

Agora na próxima rodada, a Roma recebe no Estádio Olímpico a equipe do Áustria Viena, dia 10 de outubro. Enquanto isso, na mesma data, o Astra Giurgiu irá visitar o Viktoria Plzen, na República Tcheca.