Jornal: De Boer intima elenco da Inter após vexame na UEL: "Se eu cair, todos cairão comigo"

Treinador holandês teria criticado a atitude dos jogadores nas duas derrotas recentes, pela competição da Uefa

Jornal: De Boer intima elenco da Inter após vexame na UEL: "Se eu cair, todos cairão comigo"
De Boer pode estar na berlinda (Foto: Getty Images)

Segundo a Gazzetta dello Sport, Frank De Boer deu um ultimato ao elenco da Internazionale após as duas duras derrotas na Uefa Europa League, contra os israelenses do Hapoel Beer Sheva e os checos do Sparta Praga. Na soma das partidas, os italianos sofreram cinco gols e marcaram apenas um no total de 180 minutos – para piorar, o primeiro revés, contra o time de Israel, ainda se deu no estádio Giuseppe Meazza, logo na volta da equipe às competições europeias.

Neste meio tempo, em contrapartida, a Internazionale bateu a pentacampeã italiana Juventus e alcançou altas posições na tabela da Serie A 2016/17. Neste cenário, De Boer – que assumiu o comando técnico da equipe há poucos meses e às vésperas da estreia no campeonato nacional – teria se irritado profundamente com atitude e comportamento de todo o elenco interista. A direção do clube, sempre segundo a Gazzetta, ainda estaria pressionando-o.

Isso porque os dirigentes não veem com bons olhos as rotações realizadas pelo técnico na Europa League, onde jogadores que não estão em plena atividade na Serie A são titulares. "Se eu cair, todos cairão comigo", esta é a frase que Frank teria soltado aos atletas após o ocorrido. Ele passou também pelo nome do ex-comandante Roberto Mancini, dizendo que 'Mancio' já havia saído e que não existiam motivos para seguir desunidos.