Torino vence em casa e quebra invencibilidade de seis jogos da Fiorentina

Com um gol em cada tempo, Toro bate Viola por 2 a 1 e sobe tabela da Serie A

Torino vence em casa e quebra invencibilidade de seis jogos da Fiorentina
Foto: Divulgação/Torino FC
Torino
2 1
Fiorentina
Torino: Hart; Zappacosta, Rossettini, Leandro Castán, Barreca; Valdifiori, Acquah, Benassi (Baselli, min. 87); Iago Falque (Josef Martínez, min. 72), Boyé (Ljajic, min. 59), Belotti. Técnico: Sinisa Mihajlovic
Fiorentina: Tatarusanu; Tomovic, Astori, Salcedo; Bernardeschi (Babacar, min. 68), Carlos Sánchez, Badelj (Vecino, min. 68), Milic; Borja Valero, Ilicic (Zárate, intervalo); Kalinic. Técnico: Paulo Sousa
Placar: 1-0, min. 15, Iago Falqué. 2-0, min. 60, Benassi. 2-1, min. 84, Babacar
ÁRBITRO: Giampaolo Calvarese, auxiliado por Giorgio Schenone e Alfonso Marrazzo. Amarelos: Leandro Castán (TOR); Carlos Sánchez, Salcedo (FIO)
INCIDENCIAS: Partida válida pela 7ª rodada da Serie A Tim 2016-17, no Stadio Olimpico, em Turim, Itália

Diante de seu torcedor, o Torino sofreu pouco, apesar de um susto no fim, e bateu a Fiorentina por 2 a 1 pela 7ª rodada da Serie A. Iago Falqué e Benassi fizeram para os mandantes e Babacar descontou. O Toro subiu a 11 pontos, em 8º lugar. Com um jogo a menos, a Viola ocupa apenas a 14ª colocação, com oito. Apesar da posição, o time de Florença não perdia desde a primeira rodada do Italiano.

Os times agora voltam a campo daqui a duas semanas, por conta das datas Fifa. O Torino visita o Palermo, na segunda-feira (17), às 16h45. Um dia antes, no domingo (16), a Fiorentina recebe a Atalanta, às 8h30.

Torino larga bem e abre o placar

Desde o início de jogo, a Fiorentina teve muito mais posse de bola - terminou com 64% o primeiro tempo -, mas o início do Torino foi bem melhor. Pressionando a saída de bola e sendo mais incisivo, o time da casa chegou pela primeira vez com perigo aos 9. Zappacosta roubou a bola, tabelou com Benassi e levantou para Belotti, que, com perigo, mandou à esquerda do gol. Na sequência, após roubada no campo de ataque, Boyé rolou para Zappacosta arriscar de longe, assustando com chute que passou perto do travessão.

Já aos 15, Salcedo dividiu no meio com Iago Falqué, que roubou, avançou pela direita e bateu colocado de canhota da entrada da área, no canto direito de Tatarusanu para fazer 1 a 0. As cinco primeiras finalizações do jogo foram do Torino, mas, após o gol, o time parou de finalizar e a Fiorentina tomou conta da partida.

A primeira chance da Viola veio aos 21. Após uma sequência de troca de passes, Tomovic cruzou na área e Bernardeschi desviou de cabeça, à direita do gol. Aos 32, Bernardeschi cruzou na segunda trave e Kalinic tocou de cabeça, mas Hart fechou bem o ângulo e salvou.

Apesar da Fiorentina ter ficado com mais posse de bola e ter virado no número de finalizações, o Torino não sofreu tantos riscos, também pelo grande número de erros de passe e cruzamentos da Viola. Aos 41, Ilicic bateu escanteio para a área, Kalinic desviou e a bola sobrou para Sánchez bater de canhota em chute que passou muito perto da trave de Hart. Assim, o Toro segurou bem sua vantagem e foi para o intervalo com o 1 a 0.

Viola não cresce e Toro garante vitória

Paulo Sousa lançou Zárate, que marcou dois na última partida pela Europa League, na vaga de Ilicic para a volta do intervalo, mas nem assim a Fiorentina conseguiu criar mais. O time visitante continuou mantendo a posse de bola, mas sem assustar Hart. Para piorar, aos 14, em bola alçada por Falqué, Benassi recebeu livre nas costas da defesa e, frente a frente com Tatarusanu, tocou no canto esquerdo para fazer 2 a 0.

O técnico da Fiorentina tentou lançar o time ainda mais para frente com as entradas de Babacar e Vecino nas vagas de Bernardeschi e Badelj, mas o time em nenhum momento do segundo tempo teve perto do empate. Aos 20, a Viola chegou quando Zárate recebeu de Milic e dominou mal, mas a bola sobrou para Valero bater forte de pé esquerdo, porém Hart fez a defesa.

Já no lado do Torino, Mihajlovic fez alterações no ataque buscando aumentar o fôlego para mtar o jogo. Aos 33, em jogada de jogadores que vieram do banco, após cobrança de escanteio curta, Martínez recebeu de Ljajic e bateu com desvio, mas Tatarusanu pegou sem problemas.

Aos 39, Milic cruzou da esquerda e mandou na cabeça de Babacar, que desviou de cabeça, sem chances para Hart, descontando para a Viola. Dois minutos depois, quase o terceiro do Torino. Barreca levantou da esquerda e Martínez subiu e tocou de cabeça, mas Tatarusanu salvou

Diferente do que se espera quando um time desconta um placar nos minutos finais, a Fiorentina não conseguiu pressionar e não assustou mais nenhuma vez, enquanto o Torino teve muita tranquilidade e inteligência para fazer o tempo passar e garantir a quarta partida do time sem perder no Italiano.