Allegri mantém pés no chão e nega disparada da Juventus após oitava rodada da Serie A

"Com 21 pontos você sequer consegue fugir do rebaixamento", afirma o treinador bianconero

Allegri mantém pés no chão e nega disparada da Juventus após oitava rodada da Serie A
Foto: Getty Images

Massimiliano Allegri continua bastante frio e calculista em relação à disputa pelo título da Serie A 2016/17. Depois do triunfo de virada da Juventus sobre a Udinese, em casa, por 2 a 1, o treinador negou qualquer chance de a Juve estar disparando na liderança do campeonato. Após oito rodadas jogadas na Itália, os bianconeri já abriram cinco pontos de diferença para o segundo colocado, demonstrando a força nacional. Allegri, porém, tem calma.

Com dois gols de Dybala, Juventus vence Udinese e dispara na liderança da Serie A

"Se estamos em disparada? Com 21 pontos [atual pontuação do time] você sequer consegue fugir do rebaixamento. A Roma é segunda, o Napoli não está fora e a Inter muito menos", disse o técnico. "Devo dar os parabéns ao time, levamos para casa uma vitória muito importante. Depois da parada para seleções era difícil, a Udinese se mostrou dura. Sofremos um pouco, sobretudo no fim, mas para ganhar o campeonato devemos atravessar essas partidas", destacou.

Allegri também analisou a hipótese de fazer Paulo Dybala, autor dos dois gols da Juve no duelo ante a Udinese, atuar mais recuado. O comadante ainda exaltou o desempenho de Mario Mandzukic.

"Nosso objetivo é melhorar, só assim poderemos realizar o sonho de vencer este scudetto. Sobre Dybala como meia? Talvez durante o ano pode acontecer, mas sempre com equilíbrio. Mandzukic fez uma boa partida nesta noite, principalmente porque não jogamos bem no primeiro tempo. Em relação ao incômodo de Chiellini não deve ser nada de particular, os médicos irão dizer", explicou.