Buffon rebate críticas após assegurar vitória da Juventus na Champions League

"As pessoas podem organizar o meu funeral, mas não terá ninguém lá", disparou o goleiro

Buffon rebate críticas após assegurar vitória da Juventus na Champions League
Buffon pegou pênalti de Lacazette no jogo contra os franceses (Foto: Jean Catuffe/Getty Images)

Gianluigi Buffon sofreu algumas críticas por ter falhado em dois jogos consecutivos da Juventus recentemente. Nessa terça-feira (18), porém, o goleiro calou seus críticos e mostrou que, mesmo aos 38 anos, seu prazo de validade ainda não chegou ao fim. Graças a suas defesas, Buffon garantiu que a Juve saísse vencedora, pelo placar mínimo, do confronto contra o Lyon, realizado na França, pela terceira rodada da fase de grupos da Uefa Champions League.

As últimas semanas deram muitas dores de cabeça para Buffon, tudo por causa de duas falhas consecutivas do goleiro (uma pela Seleção Italiana e outra pela Juventus, na partida diante da Udinese), virando alvo de diversas críticas e pondo em questão se já não era hora de aposentar suas luvas. Contudo, mesmo com as falhas, os torcedores italianos e juventinos apoiaram o goleiro, que mostrou muito serviço no jogo diante do Lyon. Além de realizar defesas fantásticas, pegou um pênalti do atacante Alexandre Lacazette, assegurando o zero no placar dos franceses.

Em entrevista ao Mediaset Premium, Buffon rebateu as críticas recebidas. "As pessoas podem organizar o meu funeral, mas não terá ninguém lá", disparou o goleiro, que prosseguiu: "Eu já disse muitas vezes, sem arrogância, que eu sou muito auto-crítico e não preciso de ouvir os outros que tentam usar situações de desrespeito e que mostram uma falta de justiça com as pessoas", disse.

Buffon revelou que ouviu comentários verdadeiros em meio das tantas críticas. "Eu ouvi muitas coisas estúpidas nas últimas semanas, mas apenas um verdadeiro comentário: 'Espero mais de Buffon'. Isso é verdade e eu concordei com isso de todo o coração", avaliou o goleiro.

Após ter realizado uma grande defesa na bola desviada com a mão direita, ganhando até aplausos do goleiro adversário, Anthony Lopes, Buffon explicou o por quê de não ter comemorado a importante defesa e ressaltou a importância do jogo para os torcedores.

"Eu não comemorei após a defesa, porque estávamos com 10 homens e eu não queria desperdiçar energia. Eu queria permanecer focado no que estava acontecendo na minha frente, e eu devia isso aos meus companheiros de equipe, ao meu clube e aos nossos torcedores que sempre foram imbatíveis comigo", contou.

Para encerrar, apesar da vitória, Buffon alertou que a Juventus precisa melhorar: "A Juve deve melhorar, porque isso não é suficiente na minha opinião, para percorrer todo o caminhona Uefa Champions League", finalizou

A Juventus de Buffon volta a campo neste próximo sábado (22), para enfrentar o Milan, no estádio San Siro, em Milão, pela nona rodada da Serie A.