Em situações opostas, Sampdoria e Genoa realizam tradicional Derby della Lanterna

Samp busca se afastar do Z-3, enquanto genoveses tentam se manter na parte de cima da tabela

Em situações opostas, Sampdoria e Genoa realizam tradicional Derby della Lanterna
Foto: Getty Images
Sampdoria
Genoa
Sampdoria: Puggioni; Sala, Palombo, Skriniar, Regini; Barreto, Linetty, Torreira; Álvarez; Quagliarella, Muriel. Treinador: Marco Giampaolo.
Genoa: Perin; Izzo, Burdisso, Orban; Edenílson, Rincon, Miguel Veloso, Laxalt; Rigoni, Simeone e Ntcham. Técnico: Stjepan Ostojic.
INCIDENCIAS: Partida válida pela nona rodada da Serie A, a ser realizada no estádio Luigi Ferraris, em Gênova, na Itália.

O tradicional Derby della Lanterna abre, neste sábado (21), a nona rodada da Serie A. Donos de uma das maiores rivalidades da Itália, Sampdoria e Genoa entrarão em campo com objetivos distintos. Os blucerchiati buscam o triunfo para se distanciar da zona de rebaixamento, enquanto os genoveses miram seguir na parte de cima da tabela. O jogo ocorre no Luigi Ferraris, em Gênova, às 14h (de Brasília).

Com oito pontos, a Sampdoria ocupa apenas a 15ª colocação, estando dois pontos de entrar no Z-3. Apesar do começo de campeonato promissor, o time de Marco Giampaolo vem de uma longa série de resultados negativos: seis jogos sem vencer. Caso perca o Derby della Lanterna, é muito provável que o cargo de Marco Giampaolo fique em xeque.

Já o Genoa vive uma fase melhor do que seus rivais. Apesar de ter um jogo a menos em relação aos outros, a equipe rossoblù ocupa a nona colocação, com 12 pontos. Os comandados de Ivan Juric, além de terem a defesa menos vazada da Serie A, perderam apenas uma partida na competição, contra o Sassuolo. Todos esses fatores deixam seus torcedores muito esperançosos por uma possível vitória no Derby della Lanterna.

Pressionado pelos resultados ruins, treinador Marco Giampaolo está na corda bamba

As notícias da Sampdoria para o dérbi não são tão agradáveis para os torcedores. Além do treinador Marco Giampaolo estar na corda bamba, os blucerchiati terão um desafalque importante: Emiliano Viviano. O goleiro teve uma lesão no pulso e será substituído pelo experiente Christian Puggioni, que fará sua estreia pela Sampdoria.

Em entrevista para a Samp TV, o goleiro de 35 anos falou sobre suas expectativas de estrear pelo clube. "Não há melhor jogo para nós colocarmos em prática tudo o que temos vindo a trabalhar com o treinador desde o verão", disse. "Eu certamente não estava esperando esta reviravolta do destino, mas eu estou muito calmo. Mas, ao mesmo tempo, eu estou pronto para vestir a camisa que eu sempre sonhou em um jogo tão importante", finalizou o goleiro.

Marco Giampaolo treinou a equipe nesta semana para jogar novamente no tradicional 4-3-1-2, com três novidades na equipe titular em relação ao último jogo, diante do Pescara. Além da mudança no gol, outra alteração significativa no time é a volta de Ângelo Palombo, que tomará o lugar do argentino Matias Silvestre. A terceira e última modificação é a saída de Ante Budimir e a volta de Muriel ao ataque.

Em entrevista coletiva, Giampaolo comentou sobre a expectativa para o Derby della Lanterna e seu futuro no clube. "O dérbi? Caiu no momento certo. As apostas são altas, mas estou feliz que este desafio está acontecendo amanhã. Nos preparamos para o jogo bem, sabemos as características dos nossos adversários e que vai ser um jogo sujo", disparou. "O futuro é amanhã, vamos pensar sobre nossos próximos adversários mais tarde. A forma como os nossos rivais jogar vai pedir mais de nós, o próprio jogo ainda mais", completou.

Genoa não contará com seu treinador e meia Lazovic

Além de ter a defesa menos vazada da competição, o Genoa perdeu apenas uma partida na Serie A. Essas estatísticas aumentam a auto-estima dos torcedores e jogadores rossoblù, que vêm com muita confiança para o confronto. 

Apesar das condições mais favoráveis para o Genoa, o presidente do clube, Enrico Preziosi, afirmou que não há favoritos para o dérbi. "O derby é um jogo que deve ser jogado em vez de falado. É um mundo à parte, não há favoritos. Quem vai para o campo deve ter a determinação direita", comentou o presidente, que prosseguiu: "As ausências podem pesar em uma equipe, mas não pode ser uma desculpa porque não importa quem está lá", comentou.

Para encerrar, Enrico Preziosi falou sobre o treinador Ivan Juric: "Juric é um motivador. O que é decisivo é o seu trabalho durante a semana, para a equipe se preparar para o jogo".

São poucas as mudanças em relação ao último jogo, peranteo Empoli. Ivan Juric resolveu manter o esquema tático com três zagueiro e três atacantes, o 3-4-3, que vem consolidando o Genoa. As únicas mudanças são no meio-campo e ataque. Darko Lazovic, expulso no último jogo, dá lugar a Edenílson. Já Ntcham entrará na vaga do brasileiro pela ponta esquerda, ao lado de Giovanni Simeone e Luca Rigoni. O atacante Leonardo Pavoletti ainda está machucado e segue longe dos gramados. 

O treinador Ivan Juric foi expulso na partida diante do Empoli, e não ficará no banco de reservas durante o embate. No lugar do croata, ficará seu compatriota e assistente Stjepan Ostojic.