Napoli pressiona, mas sofre para bater Empoli

Mertens e Chiriches marcaram no segundo tempo e mantiveram os napolitanos próximos da ponta

Napoli pressiona, mas sofre para bater Empoli
(Foto: Getty Images)
Napoli
2 0
Empoli
Napoli: Reina; Maggio (Hysaj), Chiriches, Koulibaly, Ghoulam; Allan (Hamsík), Jorginho (Diawara), Zielinski; Callejón, Mertens, Insigne.
Empoli: Skorupski; Veseli, Bellusci, Costa, Dimarco; Krunic (Tello), Diuosse, Buchel (Croce); Saponara; Mchedlidze (Maccarone), Pucciarelli.
Placar: 1-0, min. 51, Mertens. 2-0, min. 81, Chiriches.
ÁRBITRO: Maurizio Mariani (ITA) Cartões amarelos para: Bellusci (E), Mertens (N)
INCIDENCIAS: Partida válida pela 10ª rodada da Serie A, no estádio San Paolo, em Nápoles.

Nesta quarta-feira (26), pela décima rodada da Serie A, o Napoli teve momentos de dificuldade, mas venceu o Empoli por 2 a 0, com gols de Mertens e Chiriches, ambos marcados na segunda etapa da partida.

Com o resultado, o Napoli vai a 20 pontos na tabela, e está na terceira posição, enquanto o Empoli segue na vice-lanterna, com apenas 6 pontos. Na próxima rodada, o Napoli terá um difícil clássico na casa da líder Juventus, onde não vence desde 2009, no sábado (29). Já o Empoli não terá menos dificuldade, pois receberá a vice-líder Roma em sua casa, no domingo (30)

Primeiro tempo de pressão napolitana

O Napoli demorou um pouco a finalizar a gol, contra um Empoli que durante toda a primeira etapa, sequer disparou um chute em direção ao gol de Reina. O resultado foi de total domínio napolitano na partida. Mas a primeira real grande chance foi aos 32 minutos, quando Mertens recebeu entre os zagueiros, avançou, e chutou, Skorupski deu rebote, e o próprio belga chutou de novo, mas novamente o goleiro do time toscano defendeu, e pôs pra escanteio.

Três minutos depois, aos 35, Callejón recebeu cruzamento dentro da área e cabeceou para defesa de Skorupski. Aos 40 minutos, outra grande chance, agora com Insigne, que chegou primeiro para aproveitar o rebote dentro da área. Ele disparou um chute promissor que busca o canto inferior esquerdo, mas o goleiro fez uma defesa inacreditável. 

Mertens e Chiriches furam a barreira toscana 

A barreira do Empoli foi furada logo aos 6 minutos do segundo tempo: Callejón cruza da direita, a bola passa por toda a defesa dos toscanos, mas não por Mertens, que toca no canto esquerdo do goleiro e abre o placar para o Napoli. 

Os napolitanos ainda pressionaram pelo segundo gol, e criaram boa chance aos 14 minutos, após sobra de escanteio, Jorginho emenda da entrada da área, mas Skorupski faz uma bela defesa e põe pra escanteio. Aos 31 minutos, a melhor chance do Empoli na partida: Maccarone chuta da entrada da área, a bola desvia na zaga e sobra pra Pucciarelli, que emenda o chute que é bloqueado por Reina, que faz uma incrível defesa para impedir o gol dos visitantes.

O segundo gol napolitano sairia nos minutos finais da partida, já aos 36 minutos de jogo da segunda etapa: após escanteio cobrado da direita, Hamsik escora, e a bola sobra pra Chiriches, no poste direito, tocar pra marcar o gol que confirmou a vitória dos napolitanos ao apito final do árbitro Maurizio Mariani.