Fiorentina vence dérbi contra Bologna fora de casa e sobe na tabela da Serie A

Gol de pênalti de Kalinic garante vitória viola por 1 a 0 no derby dell'Apenino e alça time de Florença à 6ª colocação

Fiorentina vence dérbi contra Bologna fora de casa e sobe na tabela da Serie A
Croata marcou de pênalti e chegou a cinco gols na Serie A (Foto: Divulgação/ACF Fiorentina)
Bologna
0 1
Fiorentina
Bologna: Da Costa; Mbaye, Helander, Gastaldello, Masina; Pulgar (Di Francesco, min. 77), Dzemaili, Taider; Krejcí, Verdi (Rizzo, min. 12), Floccari (Sadiq, min. 58). Técnico: Roberto Donadoni
Fiorentina: Tatarusanu; Salcedo (Tomovic, min. 55), Gonzalo, Astori; Tello, Badelj, Borja Valero, Milic; Ilicic (Cristóforo, min. 84), Bernardeschi (Carlos Sánchez, min. 71); Kalinic. Técnico: Paulo Sousa
Placar: 0-1, min. 31, Kalinic (pên)
ÁRBITRO: Paulo Valeri, auxiliado por Elenito di Liberatore e Ciro Carbone. Amarelos: Mbaye, Dzemaili, Masina (BOL); Kalinic, Salcedo, Tomovic (FIO). Vermelho: Gastaldello (BOL)
INCIDENCIAS: 11ª rodada da Serie A Tim 2016-17, no Stadio Renato Dall'Ara, em Bologna, Itália

Vinda de um tropeço inesperado diante do lanterna Crotone no Franchi, a Fiorentina venceu o derby dell'Apenino diante do Bologna, fora de casa, e conseguiu uma boa reação na tabela da Serie A. O gol de Kalinic de pênalti aos 31 deixou a Viola na 6ª posição, com 16 pontos em 10 jogos - o time de Florença teve um jogo adiado por conta de chuva contra o Genoa. A equipe rossoblu, que jogou com um a menos desde os 29, tem 13 pontos em 11 jogos, em 13º lugar.

A Fiorentina volta a campo na quinta-feira (3) pela quarta rodada da fase de grupos da Europa League contra o Slovan Liberec, às 18h05, em Florença. Pela Serie A, também em casa, a Viola recebe a Sampdoria, no domingo (6), às 15h. No mesmo dia, mas às 17h45, o Bologna enfrenta a Roma, na capital italiana. Jogos no horário de Brasília.

Viola domina, fica com um a mais e larga na frente

A primeira chance do jogo foi do Bologna. Aos 3, após cobrança de escanteio de Verdi, Helander subiu mais alto que a defesa e desviou de cabeça com perigo, à esquerda. Mas, após isso, a Fiorentina dominou grande parte do primeiro tempo no derby dell'Apennino. Aos 6, Ilicic recebeu lançamento de Astori dentro da área, avançou e bateu forte de pé direito, mas Da Costa desviou e a bola explodiu na trave. Já com muitos desfalques, o técnico Roberto Donadoni ainda perdeu por lesão no tornozelo o artilheiro Verdi, que tem quatro gols na Serie A, substituído aos 12 minutos por Rizzo.

A Viola teve 61% de posse de bola e finalizou sete vezes, contra duas do Bologna. Encontrando espaços, principalmente no setor de Mbaye, pelo lado direito da defesa dos mandantes, a Fiorentina sempre esteve mais perto do gol. Aos 25, Ilicic cobrou falta a aproximadamente 25 metros do gol e mandou no travessão do brasileiro Da Costa. No rebote, Kalinic cabeceou para as redes, mas o gol foi anulado por impedimento.

Quatro minutos após o gol anulado, Kalinic recebeu lançamento milimétrico de Gonzalo, saiu na cara de Da Costa, mas foi derrubado por Gastaldello, e o árbitro marcou pênalti e expulsou o zagueiro do Bologna. Na cobrança, Kalinic acertou o primeiro, mas teve que cobrar novamente por conta da invasão na área de Bernardeschi. Na segunda cobrança, o croata novamente mandou no canto direito e abriu o placar no Dall'Ara.

Com um a mais e a vantagem no placar, a Fiorentina manteve a posse de bola por muito tempo no campo de ataque e buscou o segundo gol, apesar de ele não ter saído nos 45 iniciais. O Bologna até teve oportunidades para buscar contra-ataques, mas a imprecisão nos passes no terço final do campo foi determinante para matar boas chances dos mandantes. A única finalização que o time da casa teve, após a dos três minutos, foi aos 36. Pulgar avançou com espaço pelo meio e arriscou de fora da área, por cima do gol. Assim, a Viola foi para o intervalo com uma vantagem condizente com o mostrado na primeira etapa.

Fiorentina assegura vitória com poucos sustos

O Bologna voltou para o segundo tempo com uma postura ainda defensiva, tentando manter a distância no placar de apenas um ponto para tentar buscar o empate na reta final. Enquanto isso, a Fiorentina assustava. Aos 3, Kalinic recebeu de Salcedo na entrada da área, abriu na esquerda para Milic e apareceu para finalizar o cruzamento de cabeça, mas mandou por cima.

Aos 7, após falta lateral colocada na área por Krejcí, Tatarusanu afastou para frente e Pulgar bateu da entrada da área, mas a bola desviou na defesa e saiu à direita do gol. A Viola voltou a assustar aos 16. Tomovic enfiou passe pelo meio da defesa do Bologna e Kalinic avançou para dentro da área e bateu cruzado, mas na rede pelo lado de fora.

Também interessada no 1 a 0, a Fiorentina não pressionou tanto quanto no primeiro tempo, mas não teve muitos problemas para se defender. Aos 30, Rizzo tabelou com Mbaye na direita, trouxe para o meio e bateu rasteiro, mas Tatarusanu pegou sem problemas. Donadoni trocou o volante Pulgar pelo atacante Di Francesco aos 32, porém mesmo assim, o poder de fogo rossoblú não aumentou tanto.

A Viola teve ainda chance para ampliar aos 40. Tello recebeu de Tomovic e deixou Cristóforo na cara do gol. O uruguaio basteu rasteiro no canto, mas Da Costa salvou com o pé. Assim, a Fiorentina controlou o time rival, que, com 10 jogadores desde os 29 do primeiro tempo, não conseguiu buscar o resultado diante de seu torcedor.