Sem Gabigol, Internazionale enfrenta Sampdoria visando subir na tabela

Ambas equipes estão oscilando na competição; atacante fica de fora por opção técnica do técnico Frank de Boer

Sem Gabigol, Internazionale enfrenta Sampdoria visando subir na tabela
Foto: Getty Images
Sampdoria
Internazionale
Sampdoria: Puggioni; Sala, Silvestre, Skriniar, Regini; Barreto, Cigarini, Linetty, Álvarez; Budimir (Quagliarella), Schick (Muriel). Técnico: Marco Giampaolo
Internazionale: Handanovic; Nagatomo, Murillo, Miranda, Ansaldi; Banega, Brozovic, João Mário; Éder, Icardi, Candreva. Técnico: Frank de Boer.
INCIDENCIAS: Jogo que será válido pela 11ª rodada da Serie A, sendo realizado no estádio Luigi Ferraris, Gênova, Itália.

Neste domingo (30) às 17h45 (de Brasília), Sampdoria e Internazionale se enfrentam, no estádio Luigi Ferraris, em Gênova, valendo pela 11ª rodada da Serie A. Ambas equipes estão oscilando muito na competição, não conseguindo manter uma série de bons resultados. 

Apesar de ter vencido o Derby della Lanterna, diante do Genoa, a Sampdoria na rodada passada sofreu uma goleada de 4 a 1 da Juventus, jogando na Juventus Stadium, em Turim. A equipe comandada por Marco Giampaolo ocupa temporariamente a 16ª colocação, com 11 pontos, tendo nesta partida contra a Inter uma ótima oportunidade de tentar se afastar da zona de rebaixamento.

Já os nerazzurri, depois da derrota para a Atalanta, por 2 a 1, na rodada passada conseguiu uma importante vitória contra o Torino, pelos mesmos 2 a 1, jogando no estádio Giuseppe Meazza. A Internazionale está na décima posição, com 14 pontos, e um resultado positivo diante da Sampdoria colocaria a equipe comandada por Frank de Boer muito próxima do zona de classificados à próxima edição da Uefa Europa League.

Samp possui quatro desfalques e treinador Marco Giampaolo continua na corda bamba

A vitória no Derby della Lanterna fez com que os torcedores blucerchiati esquecessem por um momento a má fase do clube genovês. Porém, o resultado negativo contra a Juventus foi um balde de água fria na Sampdoria. O 4 a 1 sofrido pela Vecchia Signora fizeram que voltassem as desconfianças no treinador Marco Giampaolo, assim como o desespero dos torcedores por uma recuperação rápida na tabela do torneio.

Em entrevista coletiva, o treinador da Samp, Marco Giampaolo, chamou a Internazionale de "equipe louca" e não sabe o que esperar de seus rivais. "A Inter pode fazer grandes coisas ou oferecer performances menos impressionantes. Eles têm excelentes jogadores e na vitória sobre o Torino vi uma Inter mais organizada fora da bola. Inter é uma equipe louca, como os fãs dizem", disse.

O treinador ainda comentou que irá tomar a iniciativa da partida e falou sobre a importância de parar Mauro Icardi, Éder Martins e Ivan Perisic. "Estamos preparados para defender coletivamente, porque se você tomar uma abordagem individual contra Mauro Icardi, Éder e Ivan Perisic, você estará em apuros. Samp tem que tomar a iniciativa", avaliou.

Para encerrar, o treinador falou sobre a derrota diante da Juventus: "A Juventus é um esquadrão de fenômenos e o resultado poderia ter sido menos pesada. A minha equipa jogou bem no clássico e tentou fazer o mesmo em Turim, mas nunca é fácil jogar naquele estádio", finalizou.

Contra a Internazionale, Marco Giampaolo não poderá contar com Emiliano Viviano, Daniel Pavlovic e Carlos Carbonero. Ao longo da semana, foi também confirmada a baixa do belga Dennis Praet, lesionado, fazendo o treinador mudar sua equipe para a partida. A vaga do meio-campista irá ser provavelmente ocupada pelo polonês Karol Linetty. Sobre o esquema tático, a Sampdoria não deverá ter mudanças no que vem jogando, com o 4-3-1-2.

Na corda bamba, De Boer não relaciona Gabigol

A tumultuada Internazionale ganhou um minuto de paz, após a ótima vitória contra o Torino, por 2 a 1. Mas a barra do treinador holandês, Frank de Boer, não está completamente limpa. O clube de Milão não consegue alavancar uma série de bons resultados: ora faz uma ótima partida, ora realiza uma péssima, não mantendo uma constante. Alguns jornais estão até associando a Internazionale com o francês Laurent Blanc.

Em entrevista coletiva, De Boer amenizou as chances de saída do cargo de treinador. "É muito importante que Suning declarar publicamente a sua fé no projeto e o treinador. É um bom projeto e filosofia, de modo que os resultados virão", afirmou. 

O holandês ainda avaliou o crescimento tático da sua equipe e comentou sobre eles estarem entendendo a filosofia: "Eu não posso desperdiçar energia pensando sobre isso. Devemos continuar esta abordagem e vi uma boa disciplina contra o Southampton e Torino, mas eu quero que seja consistente em todos os jogos e não apenas em um ou dois. Devemos compreender que esta é a nossa filosofia", avaliou Frank de Boer.

"Amanhã [domingo] é outra oportunidade para mostrar aos torcedores que nós somos uma equipe. Quando jogamos bem, nós sempre conseguimos obter um resultado positivo. É preciso tempo, porque é a primeira vez que muitos deles têm desempenhado o 4-3-3. Só crendo nesta filosofia e trabalhando juntos podemos também jogar um bom futebol. Acho que os jogadores estão percebendo isso agora", encerrou.

A equipe da Internazionale que irá para o jogo diante da Sampdoria não deverá ter mudanças significativas, a não ser pela ausência de Gabriel Barbosa, o 'Gabigol'. O atacante ex-Santos não foi relacionado para o jogo por opção técnica do técnico De Boer.

O francês Geoffrey Kondogbia, machucado, ainda é desfalque dos nerazzurri. Marcelo Brozovic deverá seguir no time titular após as boas apresentações.