Sarri rasga elogios a Higuaín após derrota do Napoli para Juventus: "Ele é um fenômeno"

Treinador lamentou as chances perdidas pela sua equipe, e também falou sobre a polêmica com Lorenzo Insigne: "Ele tem que calar a boca"

Sarri rasga elogios a Higuaín após derrota do Napoli para Juventus: "Ele é um fenômeno"
Sarri e Higuaín se cumprimentaram antes do jogo (Foto: Divulgação/Napoli)

O Napoli visitou, na tarde deste sábado (29), a equipe da Juventus, em Turim, pela 11° rodada da Serie A, e foi derrotado por 2 a 1Leonardo Bonucci abriu o placar para os mandantes. José Callejón empatou. Mas o personagem da jogo apareceu e brilhou: Gonzalo Higuaín, ex-ídolo dos partenopei, soltou uma bomba da entrada da área e decretou a vitória à Juve.

Após o apito final, o treinador do Napoli Maurizio Sarri analisou a partida e rasgou elogios ao atacante argentino, cujo é odiado pelos torcedores do Napoli após se transferir à Juventus.

"Em termos de coletivo, o Napoli funcionou bem. Juventus jogou em casa e teve apenas duas chances todo o jogo, mas o arrependimento é que nossos erros nas oportunidades de gol. No primeiro gol, se o chute vai para o escanteio, ninguém vai ia lembrar-se do lance. No segundo, Ghoulam tentou interceptar e a bola foi direto de volta para Higuain", explicou o comdandante, em entrevista à Sky Sports Italia.

“Ele [Higuaín] é um fenômeno. Uma bola solta aos pés de Gonzalo significa morte certa para os defensores”, exaltou Sarri. “Se Gonzalo ganhar algo na Europa, estou feliz por ele. Menos pela Juve, mas eu vou estar feliz por ele”, afirmou.

A polêmica do duelo ficou por conta do atacante Lorenzo Insigne. O atleta do Napoli fazia ótima partida, quando após o gol de empate, Sarri o tirou do jogo para promover a entrada de Giaccherini. Na saída, Insigne demonstrou descontentamento, e o treinador partenopeo comentou o ocorrido.

“Insigne me perguntou por que ele foi substituído, eu tive a sensação de que ele tinha cãibras. Quando ele sai, ele tem que calar a boca e não reclamar. Se temos algo a dizer um ao outro, vamos fazê-lo amanhã [domingo]. Ele tem que calar a boca”, disparou.

O Napoli de Sarri volta a campo no meio de semana. O time do sul da Itália vai até a Turquia visitar o Besiktas pela quarta rodada da fase de grupos de Uefa Champions League. O jogo ocorre na terça-feira (1º/11), às 15h45. O Napoli defende a liderança do Grupo B da competição.