Fiorentina tropeça em casa na Sampdoria e perde oportunidade de colar na zona de UEL

Bernardeschi abriu o placar no primeiro tempo, mas Muriel marcou de cabeça na etapa complementar e estacionou Viola na tabela da Serie A

Fiorentina tropeça em casa na Sampdoria e perde oportunidade de colar na zona de UEL
Time de Florença perdeu chance de encostar em Lazio e Napoli (Foto: Divulgação/ACF Fiorentina)
Fiorentina
1 1
Sampdoria
Fiorentina: Tatarusanu; Tomovic, Gonzalo, Astori; Tello (Chiesa, min. 65), Badelj (Carlos Sánchez, min. 72), Borja Valero, Milic (Vecino, min. 86); Ilicic, Bernardeschi; Kalinic. Técnico: Paulo Sousa
Sampdoria: Puggioni; Sala (Pedro Pereira, min. 71), Silvestre, Skriniar, Regini; Torreira, Barreto, Linetty (Praet, min. intervalo), Bruno Fernandes; Luis Muriel (Budimir, min. 83), Quagliarella. Técnico: Marco Giampaolo
Placar: 1-0, min. 37, Bernardeschi. 1-1, min. 56, Luis Muriel
ÁRBITRO: Nicola Rizzoli, auxiliado por Riccardo di Fiore e Claudio La Rocca. Amarelos: Gonzalo, Badelj, Milic (FIO); Bruno Fernandes, Pedro Pereira (SAM)
INCIDENCIAS: 12ª rodada da Serie A Tim 2016-17, no Stadio Artemio Franchi, em Florença, Itália

Jogando diante de seu torcedor, a Fiorentina fez um primeiro tempo empolgante, mas tomou o empate no início da etapa final e não conseguiu buscar os três pontos diante da Sampdoria. Bernardeschi marcou para os mantes e Muriel empatou.

Com o resultado, a Viola fica na 8ª colocação, com 17 pontos, ainda com um jogo a menos em relação aos adversários na Serie A. A Samp ocupa o 14º lugar, com 15.

Após a data Fifa, a Fiorentina joga o derby da Toscana diante do Empoli, fora de casa, no dia 20 de novembro, às 12h. No mesmo dia, porém às 9h30, a Sampdoria joga em casa diante do Sassuolo. Jogos no horário de Brasília.

Primeiro tempo movimentado termina com vantagem viola

O primeiro tempo foi movimentado e aberto no Artemio Franchi. Mesmo jogando fora de casa, a Sampdoria não abdicou do ataque e, deu espaço para uma equipe ofensiva da Fiorentina, que teve as principais chances do jogo. Foram 18 finalizações nos 45 iniciais,12 a seis para a Viola, que teve 55% de posse de bola.

A primeira boa chance veio aos 4. O zagueiro Gonzalo roubou a bola na intermediária, ajeitou com espaço e arriscou de longe, mandando perto da trave de Puggioni. Aos 17, Milic recebeu na esquerda, foi à linha de fundo e cruzou para Kalinic, que subiu para cabecear, mas, desequilibrado, mandou para fora.

A Samp chegou aos 20. Muriel recebeu de Fernandes, avançou por trás da defesa e ficou com pouco ângulo, mas mesmo assim finalizou, por cima. A Fiorentina teve em muitos momentos com espaço para trabalhar na defesa blucerchiata, mas faltava precisão na assistência para colocar o atacante em boas condições de finalização.

Aos 32, em cobrança ensaiada de escanteio, Linetty bateu aberto e Bruno Fernandes chutou de primeira da entrada da área, mas Tatarusanu segurou firme, no meio do gol. Três minutos depois, Ilicic avançou pela direita no contra-ataque, foi até a linha de fundo e cruzou para Kalinic, que limpou a marcação e bateu forte, mas a bola explodiu em Skriniar.

Na sequência, em cobrança ensaida de escanteio com Ilicic, Bernardeschi recebeu e cruzou fechado. Astori tentou desviar, mas a bola passou direta e morreu nas redes e a Viola abriu o placar. Logo na sequência, Kalinic marcou outra vez, mas o gol foi corretamente anulado por impedimento. No fim do primeiro tempo, aplausos da torcida para a Fiorentina, que foi para o intervalo com a vantagem de 1 a 0.

Samp empata logo no início e segura empate

Atrás do placar, a Sampdoria voltou para o segundo tempo com mais ímpeto. O técnico Marco Giampaolo trocou Linetty por Praet e teve êxito na sua alteração. Logo no primeiro minuto, Quagliarella recebeu de Praet dentro da área e bateu forte de canhota, mas Tata espalmou. Dois minutos depois, o belga recebeu bola enfiada por Sala e bateu cruzado, mas o goleiro da Viola caiu no canto e defendeu.

A Fiorentina foi chegar pela primeira vez aos 6. Tello recebeu com espaço pela direita e levantou para a área. A zaga da Samp cortou parcialmente e a bola sobrou para Milic, que apareceu pela esquerda e bateu forte, na rede pelo lado de fora.

O ousado início da Sampdoria foi recompensado aos 11. Regini avançou pela esquerda e cruzou para Muriel, que antecipou Gonzalo e cabeceou no canto, sem chances para Tatarusanu. Após o gol dos visitantes, a Fiorentina viveu momentos de descontrole na partida e esteve perto de levar a virada.

Aos 21, Fernandes recebeu de Barreto com espaço dentro da área e bateu cruzado de pé direito, mas parou em Tatarusanu. Três minutos depois, Muriel avançou pela direita desde o campo de defesa, invadiu a área, deu drible no meio das pernas de Astori e cruzou para trás. Quagliarella fez corta-luz e Fernandes ficou de frente, mas chutou em cima da defesa.

Enquanto a Samp cria chances claras, a Fiorentina continuava com a dificuldade de encontrar os atacantes em boa condição para o chute. As alterações de Paulo Sousa, com Chiesa e Sánchez nas vagas de Tello e Badelj, não deram efeito e ainda pioraram o poder de chegada viola, que só teve na bola parada um refúgio. Aos 30, Ilicic cobrou falta lateral para a área, Kalinic desviou na pequena área, mas Puggioni fez milagre para evitar o segundo dos mandantes.

Aos 37, Bernardeschi cruzou da direita e Gonzalo desviou livre, mas tocou de cabeça para fora. A Sampdoria se retraiu nos minutos finais, mas ainda manteve o contra-ataque perigoso, enquanto a Fiorentina tentava pressionar. Aos 42, Fernandes avançou pelo meio e bateu rasteiro cruzado da entrada da área, mas Budimir chegou atrasado e mandou para fora.

Já nos acréscimos, em nova cobrança de falta de Ilicic, Astori desviou na primeira trave, mas outra vez Puggioni salvou. No último lance do jogo, a chance na bola parada foi da Samp. Em cobrança curta na intermediária, Praet avançou e arriscou de fora da área, mas Tatarusanu fez nova defesa. No fim, em partida de 37 finalizações, a Viola lamentou o empate por 1 a 1 e chegou a terceira igualdade seguida no Franchi pela Serie A.